X

CONVOCAÇÃO

Tite anuncia convocação da Seleção Brasileira para amistosos

Antes de anunciar os convocados para os próximos três amistosos, o técnico Tite pediu desculpas publicamente por dizer que jogar na Bolívia era "desumano"

Da Reportagem

Publicado em 11/05/2022 às 11:32

Atualizado em 11/05/2022 às 12:52

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Tite / Lucas Figueiredo/CBF

 

O técnico Tite anunciou na manhã desta quarta-feira a lista de 27 jogadores que defenderão a seleção brasileira masculina nos amistosos contra Coreia do Sul e Japão. As partidas serão disputadas nos dias 2 e 6 de junho em Seul e Tóquio, respectivamente.

Havia um amistoso previsto contra a Argentina nesse mesmo período, que seria em 11 de junho em Melbourne, na Austrália, mas a partida foi cancelada na véspera da convocação. A CBF busca um novo adversário, provavelmente africano, para essa data Fifa, a penúltima antes da Copa do Mundo do Catar.

A principal novidade foi a convocação do meio-campista Danilo, do Palmeiras, de 21 anos. Veja abaixo a lista:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras);

Zagueiros: Eder Militão (Real Madrid), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (Chelsea) e Gabriel Magalhães (Arsenal);

Laterais: Daniel Alves (Barcelona), Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus), Alex Telles (Manchester United) e Guilherme Arana (Atlético-MG);

Meio-Campistas: Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United), Danilo (Palmeiras), Bruno Guimarães (Newcastle), Lucas Paquetá (Lyon) e Philippe Coutinho (Aston Villa);

Atacantes: Gabriel Martinelli (Arsenal), Neymar (Paris Saint-Germain), Raphinha (Leeds United), Rodrygo (Real Madrid), Vinícius Júnior (Real Madrid), Matheus Cunha (Atlético de Madrid), Richarlison (Everton) e Gabriel Jesus (Manchester City).

O técnico Tite aproveitou para se desculpar publicamente por uma declaração antes da partida contra a Bolívia, pela última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas. O comandante brasileiro tinha falado sobre ser "desumano" jogar na altitude do país.

"Antes da lista, quero fazer um pedido público de desculpas. Fiz no particular e vou fazer de forma pública porque errei e quero aqui colocar. Desculpa, César Farías, desculpa Marcelo Moreno, desculpa desportistas bolivianos", introduziu Tite. Quando usei o termo desumano', no contexto, não teve absolutamente nada de desrespeito", explicou.

"Teve um contexto esportivo, quando perguntaram para mim: 'O que pode ser diferente por causa das mudanças desse jogo contra a Bolívia?'. Está retratada e eu coloquei 'o nível de performance', e aí eu relatei e segui na resposta. Foi infeliz o termo usado", acrescentou.

"O contexto todo ele era de situações físicas, técnicas e táticas que a altitude retira de uma performance, e não das relações humanas. A compreensão é essa, o pedido de desculpa está aqui", finalizou o treinador da canarinho.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CULTURA NA GRANDE SP

Taboão da Serra abre inscrições para o Conselho Municipal de Política Cultural

Inscrições devem ser feitas na Secretaria de Cultura e Turismo a partir desta segunda-feira (24); veja como participar

Oportunidade

Prefeitura de Jundiaí abre 70 vagas de emprego esta terça-feira

Remuneração varia de acordo com o cargo oferecido, podendo ser de R$ 1.412 a R$ 1.901

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter