últimas notícias
-
-
Foto: Gazeta de S.Paulo

MP cumpre mandados de busca e apreensão em operação contra fraude na compra de testes rápidos

A operação acontece na cidade de São Paulo, Cotia, Itapevi, Barueri e Santana de Parnaíba; policiais cumprem 12 mandados de busca e apreensão em endereços de empresas e pessoas ligadas ao fornecimento dos testes

Na manhã desta quinta-feira (2), a Polícia Civil e o Ministério Público (MP) cumprem 12 mandados de busca e apreensão na capital e em outras quatro cidades da Grande São Paulo. Os mandados integram a “Operação Falso Negativo”, que investiga uma fraude na compra de testes rápidos para detecção da Covid-19 pelo governo do Distrito Federal (DF).

A operação acontece na cidade de São Paulo, Cotia, Itapevi, Barueri e Santana de Parnaíba. Os mandados serão cumpridos em endereços de empresas e pessoas ligadas ao fornecimento dos testes. A operação foi deflagrada pelo Ministério Público do Distrito Federal.

A investigação aponta um superfaturamento nas compras, o valor do prejuízo aos cofres públicos do DF está estimado em cerca de R$ 30 milhões. Crimes como corrupção ativa e passiva, fraude a licitação, lavagem de dinheiro, cartel e organização criminosa são investigados.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), 27 viaturas do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), 60 policiais e promotores do MP participam da operação.

Há mandados sendo cumpridos nos estados da Bahia, Espírito Santo, Paraná, Rio de Janeiro e Santa Catarina.

Comentários

Tops da Gazeta