últimas notícias

Homem é morto por tiro de caneta

O autor efetuou o disparo e fugiu. No local do crime, peritos recolheram uma cápsula de calibre 22. Por Estadão Conteúdo

Um pintor de 24 anos foi morto em Castilho, no interior de São Paulo, com um tiro no peito disparado por uma caneta-revólver. O autor do disparo, um estudante de 22 anos, se apresentou à polícia no fim da tarde da última quinta-feira e confessou o crime.

Ele entregou a arma e afirmou que uma dívida de R$ 2 mil teria motivado o homicídio.

A vítima, Romário Cardoso de Oliveira, foi assassinada na noite de terça-feira no Laranjeiras. Ele foi abordado pelo acusado, que é seu primo, quando chegava em casa acompanhado da esposa de 18 anos e do filho de 2 anos.

O autor efetuou o disparo e fugiu. No local do crime, peritos recolheram uma cápsula de calibre 22.

Tops da Gazeta