últimas notícias

Em aula de Doria no horário eleitoral, Skaf é reprovado

Os alunos respondem verdadeiro ou falso para questões apresentadas pela professora, que fala que o emedebista taxou as escolas do Sesi e defendeu cobrar mensalidade na USP Por Folhapress De São Paulo

O programa eleitoral do candidato ao governo de São Paulo João Doria (PSDB) nesta segunda-feira (17) simulou uma chamada em sala de aula para reprovar seu principal oponente, o empresário Paulo Skaf (MDB).

Os alunos respondem verdadeiro ou falso para questões apresentadas pela professora, que fala que o emedebista taxou as escolas do Sesi e defendeu cobrar mensalidade na USP. Ao final da avaliação da classe, Skaf é reprovado em coro.

Doria ainda aparece no programa prometendo uniformes, policiamento e tecnologia nas escolas.

O horário eleitoral do candidato emedebista, por outro lado, não faz menção ao tucano. Skaf usa o espaço para apresentar a vice de sua chapa, a tenente-coronel Carla Danielle Basson, e fazer promessas na área da segurança pública.

O atual governador e candidato a reeleição, Márcio França (PSB) usa sua Rádio 40 para enaltecer sua gestão como prefeito de São Vicente, no litoral paulista, agradecer o apoio do eleitor e chamar Doria de "aceleradinho que deixou a gente na mão".

Luiz Marinho (PT), por sua vez, não restringe as críticas a um único candidato. O programa petista diz que Doria mentiu pra população, que Skaf é o candidato do Temer e que França decidiu ficar ao lado dos erros de Alckmin. Marinho se apresenta então como o único candidato ao lado do povo.

Tops da Gazeta