últimas notícias

Bancada paulista falta quase 2.000 vezes a sessões do Congresso

Do total de faltas, 670 não foram justificadas até o momento, segundo levantamento da ONG Ranking dos Políticos Por Folhapress De São Paulo

Os deputados federais e senadores de São Paulo registraram 1.933 ausências nas sessões plenárias do Congresso entre 2015 e 2018. Do total de faltas, 670 não foram justificadas até o momento, segundo levantamento da ONG Ranking dos Políticos.

O campeão de faltas é o deputado Mendes Thame (PV), ausente 154 vezes, sendo duas não justificadas. Guilherme Mussi (PP) faltou a 146 sessões, 48 delas justificadas, e Sérgio Reis (PRB), a 105 sessões, 50 justificadas.

Os mais assíduos são os deputados Marcio Alvino e Tiririca, que não se ausentaram.

As cotas e vebas indenizatórias dos congressistas paulistas somaram R$ 88 milhões no período, de acordo com o Ranking.

Tops da Gazeta