últimas notícias

Candidatos ao governo de SP abordam segurança em propaganda no rádio

França defendeu as frentes de valorização das polícias e prevenção do crime. Enquanto o tucano prometeu levar batalhões especiais para todo o estado Por Folhapress De São Paulo

Candidatos ao governo do estado de São Paulo, Márcio França (PSB) e João Doria (PSDB) fizeram, nesta terça-feira (16), seus programas de rádio no horário eleitoral gratuito voltados à segurança.

França ironizou falas recentes de Doria, dizendo que a polícia, caso ele fosse eleito, atiraria para matar. Imitando um programa de rádio em conversa com uma ouvinte idosa, a propaganda comparou as declarações do tucano às do ex-governador e ex-deputado federal Paulo Maluf (PP).

O governador candidato à reeleição defendeu duas frentes para a segurança: valorização das polícias e prevenção do crime, com o alistamento civil de jovens.

O programa também comparou Doria a uma "caneta sem tinta", porque "o que ele fala não se escreve".

Doria prometeu levar batalhões especiais, como a Rota, para todo o estado. Também falou que seu eventual governo terá força necessária para endurecer, em Brasília, as leis contra o crime. "Bandido não tem que ter feriado, tem cumprir pena na cadeia", disse.

O tucano também prometeu ampliar delegacias da mulher e criar um aplicativo digital de botão do pânico para casos de violência doméstica.

Tops da Gazeta