últimas notícias

Carros oficiais levam participantes para agenda de campanha de França em SP

Em hotel no centro de São Paulo, o candidato à reeleição se reuniu com apoiadores para um ato em sua última semana de disputa contra João Doria Por Folhapress De São Paulo

Carros oficiais transportaram participantes da agenda de campanha do governador Márcio França (PSB) com prefeitos, na manhã desta terça-feira (23).

Em hotel no centro de São Paulo, o candidato à reeleição se reuniu com apoiadores para um ato em sua última semana de disputa contra João Doria (PSDB). Prometeu aos prefeitos "os dois melhores anos" da vida deles.

Do lado de fora, estavam estacionados carros das Prefeituras de Morro Agudo e Cordeirópolis, além de veículos da Assembleia Legislativa e de executivos municipais não identificados.

O governo não se posicionou sobre os transportes, mas informa que França chegou no evento em um carro alugado.

O evento foi marcado por ataques a Doria, que deixou a Prefeitura de São Paulo em abril para concorrer ao governo.

O tucano Paulo Alexandre Barbosa, prefeito de Santos, afirmou que França tem lealdade, e que Doria fugiu da prefeitura em vez de honrar o compromisso.

Já o prefeito de Pirassununga, Ademir Lindo, expulso do PSDB, chamou o ex-prefeito de fascista.

No salão do hotel, os políticos se aglomeraram para assistir ao discurso do governador. Houve empurra-empurra quando França deixou o salão.

Em sua fala, o pessebista voltou a se opor à nacionalização da eleição, como Doria tem feito ao se fiar no eleitorado do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

"[A eleição] Se trata agora de caráter. Ou você tem caráter ou você não tem caráter", afirmou, em cutucada no adversário.

A mesma prática aconteceu na convenção do PSB, em agosto.

Tops da Gazeta