últimas notícias

Professora sofre sequestro-relâmpago em Campinas

A professora, que dá aula para o 5º ano do ensino fundamental, foi abordada por dois jovens enquanto dirigia pela rodovia Miguel Melhado de Campos Da Reportagem De São Paulo

Uma professora foi vítima de sequestro- relâmpago em Campinas, no interior de São Paulo, na segunda-feira (29). Em protesto contra o caso de violência os professores da Escola Estadual Jardim Marisa suspenderam as aulas nesta terça-feira (30).

De acordo com os docentes, somente este ano aconteceram outros três casos envolvendo assaltos a
professores.

Cerca de dois mil alunos foram afetados com a paralisação desta terça-feira.

A previsão é que as aulas estejam normalizadas nesta quarta-feira (31).

A professora, que dá aula para o 5º ano do ensino fundamental, foi abordada por dois jovens enquanto dirigia pela rodovia Miguel Melhado de Campos. Eles a obrigaram a parar avançando sobre o veículo - aproveitando que a motorista havia reduzido a velocidade para passar em uma lombada.

Armados, eles obrigaram a professora a dirigir até onde uma terceira pessoa aguardava os ladrões. Os criminosos roubaram o celular e o dinheiro.

A vítima foi liberada após contar aos criminosos que dava aulas no colégio do bairro.

Em nota, a Diretoria Regional de Ensino Campinas Oeste informou que mantém parceria com a Polícia Militar, por meio da Ronda Escolar, responsável pelo patrulhamento da unidade, e solicitou reforço após o ocorrido.

Tops da Gazeta