últimas notícias

Baixada e Vale terão reforço de 2 mil PMs

O reforço é para nove cidades da Baixada Santista e três do Vale do Ribeira; serão 168 viaturas a mais Por Gilmar Alves Jr. De Santos

A Baixada Santista e o Vale do Ribeira terão um reforço de 2.040 policiais militares na temporada de verão. O anúncio oficial com os números consolidados, incluindo policiais civis e científicos, e detalhes da operação deverá ser feito pelo Governo do Estado em solenidade na data de início, nesta quarta-feira (19), em Guarujá. A operação vai até 10 de fevereiro.

O governador, Márcio França (PSB), deve participar do anúncio, conforme informações extraoficiais obtidas pela Reportagem. Procurada, a Secretaria da Segurança Pública (SSP), informou que só irá divulgar informações sobre o ato de lançamento da operação e números na próxima ­semana.

Guarujá será a cidade com maior número de policiais para reforço: 400, segundo a Prefeitura. Na sequência, vem Praia Grande, com 366, Santos, com 300, Bertioga, com 268, Peruíbe, com 107, Itanhaém, com 106, Mongaguá com ao menos 104 e Cubatão, com 40.

São Vicente informou que não tinha até sexta (14) o número de policiais que seria destacado para reforço.

No Vale do Ribeira terão reforço de efetivo as cidades de Ilha Comprida, Iguape e Cananéia.

Ao todo, na Baixada e Vale, serão 168 viaturas a mais.

O Diário do Litoral questionou a Secretaria de Segurança Pública sobre eventuais novidades no policiamento no Sistema Anchieta Imigrantes (SAI), mas nenhuma informação foi ­ ­divulgada.

PREFEITURAS

Cubatão afirmou que parte dos 40 policiais mobilizados para reforçar a segurança do município vai atuar nos trechos de rodovias.

Os casos de assaltos e até arrastões em trechos das rodovias Anchieta, Imigrantes e Padre Manoel da Nóbrega são constantes desafios para as polícias Militar e Civil.

O secretário adjunto de Defesa e Convivência Social de Guarujá, Marcelo Nascimento, diz que a Administração Municipal trabalha “com a intenção de realizar a melhor temporada de verão dos últimos anos, com muita tranquilidade e sensação de segurança plena”.

O prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão (PSDB), declarou na última quinta-feira, em reunião entre representantes municipais e das polícias, que a integração entre as secretarias municipais que estão mais diretamente ligadas ao aumento do movimento no verão, como Serviços Urbanos, Trânsito e Urbanismo, será fundamental para que todos os serviços que os moradores e os turistas de Praia Grande esperam encontrar possam, de fato, ser oferecidos.

“É preciso ter uma retaguarda muito forte para que tudo funcione bem. Às vezes, um problema de trânsito, por exemplo, pode gerar uma demanda para as polícias desnecessariamente. Por isso, o planejamento de todas as áreas é fundamental”, declarou o prefeito.

A Prefeitura de Bertioga afirma que o apoio das polícias, que inclui socorristas e bombeiros, “é fundamental já que a Cidade salta de pouco mais de 60 mil habitantes para até 300 mil pessoas neste período”.

A Prefeitura de Santos ressaltou que, além do efetivo de reforço de policiais militares, a Guarda Municipal escalará 120 guardas em regime de turnos na orla da praia, além de reforço de rondas em pontos turísticos.

“A GCM utilizará viaturas, patinetes elétricos e quadriciclos, além de efetivo a pé”, informou.

Bertioga afirmou que uma novidade é o uso de um helicóptero em ocorrências e três embarcações na água, ajudando também no monitoramento dos banhistas.

Peruíbe informou que na temporada uma base de fiscalização permanecerá 24 horas por dia na entrada da cidade, contando com policiais e guardas municipais.

“O monitoramento por câmeras dos pontos mais movimentados é realizado 24 horas por dia”, frisa a ­Prefeitura.

A Prefeitura de Mongaguá disse que, além do reforço policial, a Diretoria de Segurança contará com a colaboração de 95 homens, entre Guardas Civis Municipais (GCMs), vigias e auxiliares, com acréscimo de mais 17 a partir de janeiro.

“Além disso, haverá o reforço de 10 Agentes de Trânsito, com acréscimo de outros 5 em janeiro”, afirmou.

São Vicente afirmou que o patrulhamento das viaturas da Guarda Civil Municipal (GCM) estará concentrado nas orlas do Gonzaguinha e Itararé.

“A equipe do canil também atuará no período noturno”, disse.

A Prefeitura ainda disse que preparar toda a logística necessária para receber os policiais de reforço que atuarão na cidade.

Tops da Gazeta