Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Quinta, 18 Abril 2019 13:14

Desrespeito a policiais militares vira polêmica na Alesp e deputado do PSL exonera assessor

Nesta quarta (17), o presidente da Alesp afirmou no plenário que há relatos de assessores parlamentares que, por serem militares aposentados de alta patente, descumprem ordens dos PMs da Casa
O deputado estadual Gil Diniz exonerou um assessor parlamentar do partido por ter destratado uma policial militar da Casa O deputado estadual Gil Diniz exonerou um assessor parlamentar do partido por ter destratado uma policial militar da Casa José Antonio Teixeira/Alesp
Por Folhapress
De São Paulo

O líder do PSL na Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado estadual Gil Diniz, exonerou um assessor parlamentar do partido por ter destratado uma policial militar da Casa.

Nesta quarta-feira (17), o presidente da Assembleia, deputado estadual Cauê Macris (PSDB), afirmou no plenário que há vários relatos de assessores parlamentares que, por serem militares aposentados de alta patente, descumprem ordens dos policiais da Casa.

Os assessores, por exemplo, entram em locais restritos a deputados, passando por cima dos policiais que barram o acesso. "Não vou aceitar que patente de assessor se sobreponha aos deveres funcionais dos policiais", disse Cauê.

O presidente afirmou ainda que pode denunciar os casos à Justiça Militar se isso continuar acontecendo.

Em seguida, Gil usou o microfone no plenário para informar que exonerou um assessor do PSL assim que soube que ele havia destratado uma policial da Casa.

O assessor Flávio Ricardo Beall estava lotado na liderança do PSL, mas foi indicado pelo deputado Capitão Castello Branco (PSL).

Nesse caso específico, porém, não se tratou de um descumprimento de ordem por um militar de patente maior. Beall é civil.

Beall tentou entrar a pé pela rampa do estacionamento exclusiva para carros de parlamentares e foi barrado por uma soldado, mas ignorou sua ordem.

Gil se desculpou pessoalmente com a policial e com o comando da Polícia Militar da Assembleia. "Todos os funcionários da Casa têm que ser respeitados, os policiais e os demais", disse o deputado.

Castello Branco afirmou que está apurando o caso e que o assessor será advertido. "Ele foi contratado recentemente e estava em fase de treinamento", disse.

A Folha de S.Paulo não localizou Beall.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado