últimas notícias

MP denuncia Dárcy Vera, ex-marido e ex-secretário

Os promotores do Gaeco denunciaram a ex-prefeita de Ribeirão Preto, seu ex-marido e um ex-secretário por lavagem de dinheiro Da Reportagem De São Paulo

A ex-prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera, seu ex-marido e um ex-secretário municipal de Administração foram denunciados pelos promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) por lavagem de dinheiro. Os promotores apontaram que os três realizaram movimentações financeiras que somam R$ 1,6 milhão, parte dos R$ 45 milhões desviados na "fraude dos honorários", apurados pela Operação Sevandija.

Como medida cautelar, o juiz determinou que o ex-marido de Dárcy entregasse em 24 horas seu passaporte, fique proibido de deixar a cidade e compareça à Justiça quando chamado. A ex-prefeita e o ex- secretário Marco Antônio dos Santos já estão presos.

As denúncias mencionam que a lavagem de dinheiro ocorreu por meio de R$ 533.758,34 utilizados na reforma da casa da ex-prefeita e R$ 140 mil usados no pagamento de um advogado particular de Dárcy, intermediado pelo ex-secretário. Também aconteceram depósitos fracionados em contas da ex- prefeita e de seu ex-marido Mandrison Felix de Almeida Cerqueira acima de R$ 1 milhão. Os depósitos ocorreram no período em que as fraudes foram apuradas pela força-tarefa. A defesa de Dárcy informou que ainda não teve acesso à denúncia e não quis comentar o caso. Já os advogados do ex-marido dela e do ex-secretário não se manifestaram.

Tops da Gazeta