Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Terça, 03 Dezembro 2019 21:48

Justiça nega novo pedido de ex-prefeito de Sorocaba

O prefeito cassado José Crespo (DEM) já teve pedidos de volta ao cargo negados pela Justiça em Sorocaba e também pelo próprio Tribunal de Justiça
A Câmara de Sorocaba cassou o mandato do prefeito José Crespo (DEM) por suposta contratação irregular de voluntários A Câmara de Sorocaba cassou o mandato do prefeito José Crespo (DEM) por suposta contratação irregular de voluntários Divulgação
Da Reportagem
De São Paulo

Um novo pedido do prefeito cassado de Sorocaba, José Crespo (DEM), para voltar ao cargo foi negado pela Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) nesta terça-feira (3). Os advogados de Crespo pediram a anulação da participação do vereador Hudson Pessini (MDB), namorado da então vice-prefeita, como membro da Comissão Processante que investigou o prefeito por supostas irregularidades no voluntariado na prefeitura.

O prefeito cassado já teve pedidos de volta ao cargo negados pela Justiça em Sorocaba e também pelo próprio Tribunal de Justiça. Crespo teve o mandato cassado pela Câmara Municipal em agosto.

Ao "G1", a Prefeitura de Sorocaba disse que não iria se posicionar sobre a decisão do TJ, pois diz respeito apenas à Câmara e ao prefeito cassado.

Cassado pela 2ª vez

A Câmara dos Vereadores de Sorocaba cassou, por 16 votos a 4, o mandato do prefeito José Crespo por suposta contratação irregular de voluntários. Foi a segunda cassação de Crespo em dois anos, ambas por causa de denúncias envolvendo sua ex-assessora e ex-voluntária da prefeitura Tatiane Pólis. Em agosto de 2017, no primeiro ano de mandato, Crespo foi cassado por prevaricação no caso de um diploma falso de 2º grau apresentado pela ex-assessora. Ela se demitiu e, 43 dias depois, Crespo conseguiu retomar seu mandato por meio de liminar.

Meses depois de ter se demitido, Tatiane voltou a trabalhar na prefeitura. Crespo, então, foi acusado de ter cometido infração político-administrativo por suposto "falso voluntariado" envolvendo Tatiane, que era sua secretária. Ela supostamente trabalhava como voluntária, mas segundo a denúncia era paga de forma indireta.

Assim como no caso da ex-assessora, o ex-prefeito de Sorocaba afirma que é inocente e diz que vai recorrer à Justiça para retomar o cargo. A vice-prefeita Jaqueline Coutinho (PTB) assumiu a prefeitura logo após a cassação.


*Com informações do Estadão Conteúdo

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - [email protected]
Comercial - [email protected]

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - [email protected]
Comercial - [email protected]

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado