Publicidade

X
DETRAN.SP

Novo calendário de licenciamento de veículos em SP é divulgado pelo Detran

Nesta quarta-feira (5), o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo divulgou o novo calendário de vencimento do licenciamento de veículos

Publicidade

A restrição na circulação de veículos em parte da cidade de São Paulo foi retomada na manhã de segunda-feira (7) / Thiago Neme/Gazeta de S.Paulo

O Detran.SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo) divulgou nesta quarta-feira (5) o novo calendário de vencimento do licenciamento obrigatório de veículos deste ano, que passa a ser a partir de julho, e não mais abril, como foi até 2021.

O licenciamento é o procedimento que atualiza anualmente o documento do carro, o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo), obrigatório à circulação de veículos no país. Em 2022, ele custará R$ 144,86. Neste ano, assim como em 2021, não haverá cobrança do seguro obrigatório, o DPVAT.

O cronograma mudou para acompanhar o novo parcelamento do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), que passou de três para cinco meses. O dono do veículo precisa estar com o IPVA em dia para pagar o licenciamento.

"Nosso objetivo é reduzir os impactos econômicos causados pela pandemia e disponibilizar um prazo maior para que o proprietário do veículo possa realizar o licenciamento somente após efetuar o pagamento do IPVA", disse, em nota, Neto Mascellani, diretor-presidente do Detran.SP.

Os proprietários de veículos em São Paulo também poderão fazer o licenciamento antecipado, junto da cota única do IPVA ou somado à primeira parcela, em fevereiro. 

O vencimento do imposto começa no dia 10 de janeiro e, assim como o calendário do licenciamento, varia de acordo com o número final da placa do veículo.

Em janeiro, a Fazenda estadual recebe o pagamento da cota única, que neste ano terá desconto de 9%. O dono de veículo ainda poderá fazer o pagamento do IPVA à vista em fevereiro, quando o desconto será de 5%.

Quem decidir parcelar o pagamento do imposto começará a pagar em fevereiro, quando também poderá ser pago o licenciamento. A antecipação é opcional.

O pagamento parcelado do IPVA termina em junho e, a partir de julho, o dono de veículo já poderá, de acordo com a placa de seu veículo, fazer o novo licenciamento. A data final para pagar o novo documento é sempre o último dia do mês designado para aquelas placas. O dono de um carro com placa terminada em 3, por exemplo, terá até 31 de agosto para pagar o licenciamento de seu veículo.

COMO FAZER

É possível fazer o pagamento diretamente na rede bancária, por meio dos aplicativos dos bancos, no internet banking e nos caixas eletrônicos de Santander, Bradesco, Banco do Brasil, Safra, Itaú, Caixa Econômica Federal) e nas lotéricas.

O documento digital fica disponível para download e impressão no item "Licenciamento Digital" nos portais do Poupatempo, Detran.SP e Senatran, além dos aplicativos Poupatempo Digital, Detran.SP e Carteira Digital de Trânsito. O motorista poderá imprimir em papel sulfite comum (A4-branca).

CONFIRA O CALENDÁRIO
Para veículos leves, ônibus, reboque e semirreboque

Julho
Placas final 1 e 2

Agosto
Placas final 3 e 4

Setembro
Placas final 5 e 6

Outubro
Placas final 7 e 8

Novembro
Placa final 9

Dezembro
Placa final 0

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

BOM NEGÓCIO

Polícia Federal vende veículos e sucatas

Leilão possui veículos documentados e sucatas. Disputa acontece no dia 24 de maio

RECORDE

Carro de 1955 se torna o mais caro da história

Mercedes-Benz 300 SLR Uhlenhaut Coupé, de 1955, foi leiloado por 135 milhões de euros, o equivalente R$ 700 milhões

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software