X

CRIMINALIDADE EM SÃO PAULO

Quadrilha de falsificadores de CNH é alvo de operação da Polícia Civil

Equipes cumprem nove mandados de buscas nesta quarta-feira (29); pessoas que adquiriram o documento falso também devem responder criminalmente

Matheus Herbert

Publicado em 29/05/2024 às 11:36

Atualizado em 29/05/2024 às 12:36

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Na manhã desta quarta-feira (29) a Polícia Civil de São Paulo iniciou uma operação contra uma quadrilha suspeita de falsificar Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) / Divulgação/SSP-SP

Na manhã desta quarta-feira (29) a Polícia Civil de São Paulo iniciou uma operação contra uma quadrilha suspeita de falsificar Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs). 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do estado de São Paulo (SSP-SP), as equipes cumprem nove mandados de buscas nas cidades de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, Bataguassu (MS) e Recife (PE).

Quem comprou também será investigado 

Quatro pessoas são investigadas pelo crime. As carteiras de habilitação falsificadas eram vendidas no valor de R$ 2,5 mil. Ainda de acordo com a polícia, quem adquiriu o documento também pode responder criminalmente. 

O bando enganava os clientes informando que as CNHs eram emitidas pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de São Paulo, mas eram falsificadas integralmente sem a participação de qualquer funcionário público.

“Essa falsa ideia de que o documento era emitido pelo órgão dava mais segurança aos clientes da quadrilha, que acreditavam que dificilmente seriam descobertos”, informou a Polícia Civil.

Os investigadores descobriram que os envolvidos ainda contavam com a participação de outro grupo criminoso envolvido em um esquema de fraude semelhante.

A operação resultou na apreensão de diversas CNHs falsas encontradas em imóveis relacionados aos suspeitos. Celulares também foram apreendidos na ação. 

Os suspeitos devem responder criminalmente por associação criminosa, falsa identidade e falsificação de documento público. 

A 1ª Delegacia de Investigações Gerais (Deic), de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, é a responsável pela operação, que segue em andamento. A Polícia Civil do Mato Grosso do Sul e de Pernambuco também realizam diligências para o cumprimento dos mandados.


 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CINEMA

18 filmes com plot twists marcantes para quem adora se surpreender

Com nove filmes clássicos e nove mais alternativos, confira as sinopses das recomendações feitas pela Gazeta

Oportunidade de emprego

Embraer abre 66 vagas de emprego em diversas cidades; confira

Empresa, com sede em São José dos Campos, oferece 42 postos de emprego efetivo e 24 vagas no banco de talentos

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter