últimas notícias

Grande São Paulo

A quarentena imposta pelo governo do Estado entra em vigor hoje (24) nos 645 municípios paulistas
A quarentena imposta pelo governo do Estado entra em vigor hoje (24) nos 645 municípios paulistas
Foto: Angelica Richter/Especial para o Diário Regional

Quarentena impõe perdas diárias de R$ 60 milhões ao comércio do ABC

A estimativa inclui lojas de vestuário e calçados, eletrodomésticos, veículos e autopeças entre outros estabelecimentos

A quarentena imposta ao comércio de produtos não essenciais para conter o avanço do novo coronavírus deve gerar perdas diárias na casa de R$ 60 milhões ao varejo na região do ABC Paulista. A estimativa foi feita pela Federação do Comércio do Estado de São Paulo (FecomercioSP), a pedido do “Diário Regional”.

A estimativa inclui lojas de vestuário e calçados, materiais de construção, eletrodomésticos, móveis e decoração, veículos e autopeças, entre outros, que não poderão prestar atendimento presencial.

A quarentena imposta pelo governo do Estado entra em vigor hoje (24) nos 645 municípios paulistas, mas parte das prefeituras da região antecipou a medida, que não vale para bancos e serviços essenciais de alimentação, abastecimento, limpeza e segurança.

Guilherme Dietze, assessor econômico da FecomercioSP, explicou que a estimativa não mensura quanto dessas vendas não presenciais vão migrar para o varejo on-line. “Haverá alguma migração e postergação de compra de alguns serviços e produtos. Resta saber se essas perdas se tornarão definitivas ou se serão recompostas depois que o pior da pandemia passar. Certo mesmo é que, quanto maior o período de reclusão, pior será para o comércio”, disse.

Dietze recomendou que os empresários busquem alternativas, como vendas online, por aplicativo e delivery. “É importante também que o consumidor faça pedidos em restaurantes de sua vizinhança, porque esses pedidos podem significar a sobrevivência desses negócios”, afirmou.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta