últimas notícias

Grande São Paulo

"Infelizmente é um plano duro, mas que precisa ser feito para conscientizar e proteger os idosos", diz o prefeito Orlando Morando
Foto: Divulgação/Prefeitura de São Bernardo do Campo

Prefeitura de São Bernardo vai restringir circulação de idosos nas ruas a partir de domingo

O decreto estabelece o isolamento social e prevê a circulação na cidade apenas em caráter emergencial, como atendimentos médicos e aquisições em comércios alimentícios e em farmácias

A Prefeitura de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, vai restringir a circulação de idosos pelas ruas do município, a partir deste domingo (29), como forma de combater a disseminação do novo coronavírus (Covid-19). O decreto foi publicado na última terça-feira e tem validade de 45 dias. Os moradores acima de 60 anos que desrespeitarem a medida podem ser multados no valor de R$ 200.

O decreto estabelece o isolamento social para pessoas acima de 60 anos e prevê a circulação na cidade apenas em caráter emergencial, como atendimentos médicos, exames laboratoriais, vacinação e aquisições em comércios alimentícios e em farmácias.

De acordo com o prefeito Orlando Morando, a ação tem caráter solidário e de saúde pública, uma vez que este público é o mais vulnerável ao contágio do coronavírus. “Infelizmente é um plano duro, mas que precisa ser feito para conscientizar e proteger os idosos. A realidade mostra a sua fraqueza diante do vírus e este público, infelizmente, ainda está circulando. Queremos a ajuda de todos para evitar a exposição dos idosos”, disse.

O idoso que precisar se deslocar deverá portar documento e justificar aos agentes da prefeitura seu compromisso. Do contrário, será conduzido pelas autoridades de volta à sua residência. Em caso de reincidência poderá ser aplicada multa no valor de R$ 200.

 

Comentários

Tops da Gazeta