últimas notícias
De acordo com a prefeitura, as Equipes de Saúde da Família serão responsáveis pelas coletas de exames em todos os bairros do município
De acordo com a prefeitura, as Equipes de Saúde da Família serão responsáveis pelas coletas de exames em todos os bairros do município
Foto: DIVULGAÇÃO

Prefeitura de São Bernardo realiza testagem domiciliar para mapear o coronavírus

Serão 3.606 testes domiciliares durante a primeira fase do estudo; moradores serão escolhidos aleatoriamente

A Prefeitura de São Bernardo do Campo, na região do ABC Paulista, iniciou na última terça-feira um processo de testagem domiciliar na cidade para mapear a evolução do novo coronavírus na cidade. Serão 3.606 testes durante a primeira fase da ação.

De acordo com a prefeitura, as Equipes de Saúde da Família serão responsáveis pelas coletas de exames em todos os bairros do município. Não terá um critério de escolha, o morador será escolhido aleatoriamente e será submetido ao teste sorológico de detecção da covid-19.

O morador também responderá perguntas sobre fatores de risco e exposição à doença e condições de saúde.

“Estamos sempre em busca do aprimoramento das nossas ações. Esse mapeamento vai nos ajudar verificar a incidência do Coronavírus nas comunidades e, com isso, buscar novas estratégias de combate à doença. Também será importante ferramenta para nortear o planejamento da Administração para a retomada dos serviços”, diz o prefeito Orlando Morando.

MAPEAMENTO.

O mapeamento intitulado inquérito epidemiológico será realizado em parceria com a Universidade Federal do ABC (UFABC), responsável pelo estudo qualitativo dos dados, e a Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), que será responsável pela análise dos testes.

A ação será realizada em parceria com a Universidade Federal do ABC (UFABC), responsável pelo estudo qualitativo dos dados coletados por meio da plataforma COVIData, e com a Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), que fará a análise dos testes laboratoriais. O estudo prevê a não exposição dos moradores infectados ou que já tiveram a doença e criaram anticorpos.

O secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho revela que, nos casos dos munícipes cujos exames derem positivo para o novo coronavírus, as equipes voltarão à residência para realizar testes nos demais moradores do imóvel. “A testagem é importante, porque muitas pessoas podem estar contaminadas e assintomáticas, com risco de espalhar a doença para outros indivíduos”, complementa Sobrinho.

TESTAGEM.

São Bernardo já realizou mais de 17 mil testes de detecção do novo coronavírus. Além dos profissionais da Saúde e da Segurança, os pacientes com sintomas da doença também são submetidos aos testes.

As secretarias de Saúde e Assistência Social firmaram uma parceria com o Rotary e outras empresas privadas. Na última terça-feira (2), 500 idosos e funcionários de cinco casas de repouso em São Bernardo foram testados. O material será enviado para análise em laboratório, sem custos para o município.

Comentários

Tops da Gazeta