últimas notícias
Câmeras de videomonitoramento foram instaladas na entrada do bairro
Câmeras de videomonitoramento foram instaladas na entrada do bairro
Foto: DIVULGAÇÃO

Prefeitura de Taboão da Serra inicia videomonitoramento no Jardim São Miguel

De acordo com a Administração, bairro fica em uma região mais isolada, com poucas pessoas nas ruas; outras 25 novas câmeras já estão sendo instaladas em pontos diferentes do município.

O prefeito de Taboão da Serra, Fernando Fernandes (PSDB), anunciou a ampliação do projeto de videomonitoramento, que atualmente conta com 40 câmeras de alta resolução interligadas ao Centro de Operações e Inteligência – COI, que é operado pela Guarda Civil Municipal. Outras 25 novas câmeras já estão sendo instaladas em pontos diferentes do município.

Na região do Jardim São Miguel e do Parque Pedro Gonçalves, bairros que possuem apenas uma via de entrada e uma de saída, a prefeitura já instalou as câmeras, que estão em fase de teste. Os dois bairros ficam em uma região mais isolada, com poucas pessoas nas ruas.

Leia mais:

Segundo Fernandes, o videomonitoramento irá levar mais segurança para os moradores desses bairros. “Ampliamos o uso das câmeras, que já trouxe ótimos resultados em outros bairros, vamos ter um monitoramento de quem entra e de quem sai, esses bairros possuem uma característica única, que são poucas ruas que dão acesso a eles”, disse.

As câmeras foram instaladas nas ruas Salvador Branco de Andrade, próximo ao Senac e na Agueda Gonçalves. De acordo com os secretário de trânsito e mobilidade urbana, Gerson Brito, as câmeras não irão multar os veículos que transitam pelo local, sendo exclusivamente para a segurança. “Essas marcas no asfalto são os ‘chicotes’ que acionam as câmeras que leem as placas”, explicou.

Na primeira fase, o videomonitoramento em Taboão da Serra funciona como uma “muralha” em todas as entradas e saídas da cidade. As câmeras inteligentes detectam, através das placas, se os veículos são roubados e a partir daí a central é avisada e manda uma viatura para abordar o carro suspeito.

Nessa segunda fase, os bairros com maior índice de crimes estão ganhando câmeras para ampliar o monitoramento. Desde que foi inaugurado, o sistema de vigilância já detectou descarte de entulhos, crimes e ajudou na solução de diversos roubos e furtos. O caso mais emblemático foi o bandido que desceu um escadão atrás de uma mulher para roubá-la. Três dias depois ele foi preso com a ajuda da tecnologia.

Comentários

Tops da Gazeta