últimas notícias

Polícia recupera bicicletas da Yellow furtadas em Taboão da Serra

Três bicicletas da Yellow que haviam sido furtadas em Taboão da Serra foram recuperadas pela Polícia Civil na sexta-feira (17) Por Nely Rossany De São Paulo

Três bicicletas da Yellow que haviam sido furtadas em Taboão da Serra foram recuperadas pela Polícia Civil na última sexta-feira. A empresa começou a oferecer há poucas semanas o novo sistema de compartilhamento de bikes que funciona por meio de aplicativo e é monitorado por GPS.

De acordo com policiais militares que faziam a ronda ostensiva na rua Grace Kasseb, na região central de Taboão da Serra, quatro suspeitos começam a correr quando viram a viatura. Um deles, menor de idade, estava com uma das bicicletas e acabou caindo em um barranco na fuga.

Segundo a PM, foram encontradas algumas peças de bicicleta e ele confessou o furto. À polícia, o menor apontou Márcio do Nascimento Araújo como sendo um dos indivíduos que estava com ele ao furtarem a bicicleta. Encontrado em casa, Araújo confessou o roubo e levou os policiais ao matagal no final da Rua Grace Kasseb, onde estavam outras duas bicicletas da Yellow.

Os criminosos usaram um martelo para furtar as bicicletas e destruir a trava que as impedem de circular. Outros dois menores que estariam com a dupla no momento do furto não foram localizados pela polícia. Araújo foi preso, já o menor foi liberado.

Bikes

O representante da empresa Yellow compareceu até a delegacia de Taboão da Serra e recuperou as três bicicletas. Segundo ele, a empresa Yellow disponibiliza o uso de bicicletas mediante aplicativo de celular, sendo que tais bicicletas ficam estacionadas na via pública.

Sobre a segurança das bicicletas, ele afirmou que existe uma trava na parte de trás, com um cadeado, onde é necessário destravar para utilizar a bike. Segundo ele constatou visualizando as bicicletas na delegacia, os criminosos retiraram a placa contendo a identificação (QR code) das três bikes.

Os representantes da empresa dizem já ter calculado eventuais prejuízos com o furto de peças e até de bikes. As bikes contam com travas e podem ser deixadas ou alugadas em qualquer lugar. Inicialmente, pouco mais de 500 estão circulando na capital paulista e Grande São Paulo.

Uma das estratégias da empresa para evitar os furtos é que as bicicletas são exclusivas, com peças que não cabem em outras. O serviço é liberado por uma tranca integrada à roda traseira.

Tops da Gazeta