últimas notícias

Quadrilha que assaltava de moto no ABC paulista é presa

Foram presas quatro pessoas, duas delas suspeitas de atacar pedestres usando motos; polícia investiga se grupo matou vítimas Da Reportagem De São Paulo

Uma quadrilha que assaltava de moto pedestres no ABC paulista foi presa pela polícia de Santo André. Os policiais investigam se o grupo estaria envolvido em dois latrocínios. Foram presas quatro pessoas, duas delas suspeitas de atacar pedestres usando motos.

A investigação teve início em julho quando um roubo terminou na morte da vítima. O homem passeava com um cachorro e foi cercado por dois homens que chegaram de moto. Para roubar o celular, eles atiraram no empresário. Naquela mesma noite, segundo a polícia, os ladrões teriam realizado mais quatro assaltos em um raio de cinco quilômetros, com intervalo de dez minutos entre eles.

Ainda segundo as investigações, a quadrilha continuou roubando.

Há cerca de duas semanas, a estudante P.F.S., de 18 anos, foi morta porque um ladrão, que também estava numa moto, achou que a moça tinha debochado dele. A polícia investiga se os dois crimes foram cometidos pela quadrilha.

Em escutas telefônicas, os policiais identificaram como a quadrilha se organizavam para agir.

Segundo os diálogos, eles debochavam da reação das vítimas. “O véinho (sic) ficou em choque. Eu joguei no pescoço dele. Ele sentiu o geladão do ferro. ‘Ai meu Deus’, ele falou”, diz um dos bandidos.

Os criminosos atacavam os pedestres na ida ou na volta do trabalho, principalmente em pontos de ônibus sem tanta movimentação. “Nos pontos ‘recheadão’ não vai ter como, né? Tem que pegar os pontos que têm pouca pessoa (sic)”.

Ainda segundo a polícia, além de celulares os alvos da quadrilha eram alianças de ouro. Mesmo sem reação das vítimas, os ladrões atiravam contra as vítimas.

Tops da Gazeta