últimas notícias

Polícia prende suspeito que matou jovem durante festa em Suzano

O jovem foi morto durante uma festa uma festa no Cidade Boa Vista; o crime teria sido motivado por ciúme da ex-companheira do atirador Da Reportagem De São Paulo

Na tarde de quarta-feira, o suspeito de atirar e matar um estudante em julho deste ano em Suzano, na região metropolitana de São Paulo, foi preso. O jovem foi morto durante uma festa uma festa no Cidade Boa Vista. O crime teria sido motivado por ciúme da ex-companheira do atirador.

De acordo com o delegado Rubens José Ângelo, do Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) de Mogi, o acusado Wagner Junior da Silva, conhecido como Baianinho, foi preso no Itaim Paulista, na Capital, onde estava escondido desde o dia do crime. Ele estava na casa de parentes.

O motivo do assassinato, segundo a investigação, foi o ciúmes que Wagner tinha da ex-companheira, mas ele nega. Em depoimento, Baianinho disse que foi disparo acidental realizado pela própria vítima, quando pediu para ver a arma que o suspeito carregava na cintura.

Questionado pelos policiais, Baianinho disse que não socorreu a vítima porque a mesma disse que estava bem e pediu para que ele fosse embora.

O suspeito, que foi indiciado pelo crime de homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e recurso que dificultou defesa da vítima, está preso na Cadeia Pública de Mogi das Cruzes, também na Grande São
Paulo.

Tops da Gazeta