últimas notícias

Centro esportivo em Taboão da Serra está com inscrições abertas

Moradores de Taboão da Serra já podem se inscrever em 13 modalidades olímpicas no Jardim Monte Alegre Por Matheus Herbert De São Paulo

Os interessados em praticar aulas gratuitas de 13 modalidades olímpicas no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), inaugurado no último sábado, em Taboão da Serra, já podem fazer as inscrições. Entre as modalidades estão aulas de futsal, vôlei, basquete, ginástica, artes marciais, judô, zumba, entre outras. As inscrições devem ser feitas no próprio centro, na rua Antônio Pestana, no Parque Monte Alegre. O espaço também oferecerá atividades para a terceira idade.

A obra foi orçada em R$ 4,1 milhões e faz parte de um programa do Governo Federal, que investiu R$ 3,3 milhões, em parceria com a prefeitura, que investiu R$ 800 mil, além do terreno.

O equipamento conta com um moderno ginásio poliesportivo coberto, com arquibancada para cerca de 170 pessoas. As dimensões das quadras e os pisos respeitam os modelos exigidos nas competições oficiais. No espaço serão oferecidas nove modalidades esportivas: futsal, vôlei, basquete, ginástica artística, artes marciais, judô, capoeira, treinamento funcional e zumba.

O CIE conta ainda com dois banheiros com acessibilidade, quatro vestiários, sendo dois destinados a pessoas com deficiência, sala de professores, sala da administração, uma quadra poliesportiva descoberta, cercada com gradil do tipo alambrado e caixa de areia, ambos destinados a atividades ao ar livre, além de tatame para prática de artes marciais e ginástica artística.

Inauguração

O CIE foi inaugurado na manhã do último sábado, dia 1º, e foi o primeiro evento público após a crise política instalada com a saída de cinco vereadores da base aliada do atual prefeito de Taboão da Serra Fernando Fernandes (PSDB).

Sobre o centro esportivo, Fernandes disse que esse é o primeiro equipamento esportivo inaugurado do lado direito da rodovia Régis Bittencourt. “Esse equipamento transcende a questão da prática esportiva, vai ser um polo agregador, de desenvolvimento social, as pessoas moram no bairro e não se conhecem, aqui vai começar a ser concretizada, será um centro de convivência para a região”.

Para o secretário de esportes da cidade, filho do prefeito, Fábio Fernandes, o CIE foi construído em um terreno que era utilizado para o uso de drogas e descarte de entulho. “Essa é a mesma situação da Arena Multiuso, do Parque do Povo, no Inocoop. Transformação é a palavra que define nosso governo”, afirmou.

Tops da Gazeta