últimas notícias

Mãe agride recém-nascido com chutes em Taboão da Serra

A criança estava no colo da avó e chorava quando a mãe, em um acesso de raiva, partiu para a agressão, batendo na própria mãe com socos e no filho, com vários chutes Por Portal O Taboanense Da Grande São Paulo

Uma mulher de 28 anos foi presa no sábado, após agredir seu filho de um mês e 28 dias com pontapés. O bebê está internado no Hospital Geral do Pirajuçara, em Taboão da Serra, em estado grave com afundamento do crânio. O crime aconteceu no Jardim Três Marias e a agressora alegou sofrer de esquizofrenia.

Segundo apurou a reportagem do “Portal O Taboanense”, o crime aconteceu na noite da última sexta-feira, dia 31. A criança estava no colo da avó, uma merendeira de 47 anos, e chorava quando a mãe, em um acesso de raiva, partiu para a agressão, batendo na própria mãe com socos e no filho, com vários chutes.

Os avós socorreram o bebê até a UPA Akira Tada com o próprio carro, sendo transferindo em seguida para o HGP, onde passou por uma cirurgia e segue internado em estado grave. A mãe agressora foi presa em sua casa, no Jardim Três Marias.

O pai da agressora disse aos policiais que a filha sofre de esquizofrenia e que toma remédios controlados e que é usuária de drogas ilícitas. Ele confirmou em depoimento na delegacia que a intenção da filha era “atingir o bebê uma vez que estava irritada com o choro dele”.

Na delegacia, a avó do bebê disse que estava com a criança no colo e que a filha, transtornada, partiu para as agressões dando socos em sua cabeça. A mãe disse para a polícia que o estado de saúde mental de sua filha é de esquizofrenia.

Ao ser presa pela PM, a mãe do bebê disse que apenas se desentendeu com familiares, mas não falou nada sobre as agressões. Diante da gravidade do crime, a delegada Andrea Maria Arakaki converteu o pedido de prisão em flagrante para preventiva.

Tops da Gazeta