últimas notícias

Polícia Civil investiga mortes em Osasco e Carapicuíba

Os crimes ocorreram em uma distância de 7 km e nos dois casos, a semelhança mencionada pelas testemunhas já ouvidas, foi o carro prata Por Matheus Herbert De São Paulo

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) do estado de São Paulo divulgou ontem que as policiais locais vão investigar dois ataques, um Osasco e outro em Carapicuíba que deixaram ao menos quatro mortos na última sexta-feira (7). Até o fechamento desta edição ninguém havia sido preso.

De acordo com a SSP, o primeiro ataque ocorreu na cidade de Carapicuíba por volta das 20h30. Um carro prata teria passado em frente a uma lanchonete na rua Maria Dilza dos Santos Lima, na Vila Dirce. As pessoas que estavam no veículo atiraram e atingiram três homens. Um deles morreu no local, outro chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital e o terceiro ficou ferido e seguia internado na manhã desta segunda-feira.

As investigações apontam que os criminosos eram altos, fortes, usavam coletes à prova de balas e portavam armas parecidas com fuzis.

Mais tarde, por volta das 21h, criminosos que estavam em um carro prata atiraram em dois homens no bairro Munhoz Júnior, em Osasco.

Um dos homens atingidos morreu no local do crime. O outro foi socorrido pelos bombeiros até o Hospital Imperial em Barueri, mas não resistiu aos ferimentos.

Os crimes ocorreram em uma distância de 7 km e nos dois casos a semelhança mencionada pelas testemunhas já ouvidas foi o carro prata.

A Secretaria da Segurança Pública disse que os crimes serão investigados pelas delegacias de cada cidade e que, até o momento, não há indícios de relação entre os dois crimes.

Tops da Gazeta