últimas notícias

Após explosão de botijão, mulher morre um dia depois do marido

A jovem de 17 anos foi uma dos três feridos no acidente. Marido da jovem também morreu e foi enterrado na tarde da última quarta-feira (26) em Mogi das Cruzes Da Reportagem De São Paulo

Após 9 dias internada, a jovem B.B. de O., de 17 anos, morreu na tarde de quarta-feira. Ela foi uma das vítimas de uma explosão de gás na casa onde morava na Vila Natal, em Mogi das Cruzes, região metropolitana de São Paulo, na última semana.

Na terça-feira (25), o marido dela, G.A.P., de 19 anos, também morreu em decorrência de ferimentos da explosão. Ele foi enterrado na manhã de quarta-feira no Cemitério São Salvador, em Mogi das Cruzes.

O filho do casal, de 1 ano, também foi atingido e segue hospitalizado. A família não autorizou a divulgação do estado de saúde do bebê.

O acidente foi na residência da família, na rua Inácio Silva Alvarenga, na Vila Natal. O imóvel fica na parte de baixo de um terreno, ao lado de outras três residências.

No dia do acidente, vizinhos relataram que acordaram com o barulho da explosão. O impacto danificou parte da casa e deixou um pedaço do colchão queimado, parte do teto caída e danificou outros móveis e eletrodomésticos.

Tops da Gazeta