últimas notícias

Ligação direta de trem entre Brás e Cumbica começa nesta quarta

O novo serviço terá tempo de percurso de 35 minutos com parada para embarque e desembarque entre as estações Brás e Engenheiro Goulart, Guarulhos-Cecap e Guarulhos-Aeroporto Por Folhapress De São Paulo

A linha 13-jade da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) terá viagens entre as estações Brás e Aeroporto, sem troca de trem na estação Engenheiro Goulart, a partir desta quarta-feira (3). A linha foi construída para conectar a cidade de São Paulo ao aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (Grande SP).

O novo serviço se chamará Connect e terá tempo de percurso de cerca de 35 minutos com parada para embarque e desembarque entre as estações Brás, da linha 12-safira, e Engenheiro Goulart, Guarulhos-Cecap e Guarulhos-Aeroporto, da linha 13-jade. A tarifa é a mesma dos trens metropolitanos, de R$ 4.

Em dias úteis, serão realizadas seis viagens em direção ao Brás e outras seis no sentido Aeroporto-Guarulhos às 6h20, 7h00, 7h40, 18h00, 18h40 e 19h20. Aos sábados, o serviço funcionará só pela manhã com três viagens em cada sentido: às 6h20, 7h00 e 7h40. O serviço não funcionará aos domingos.

As outras viagens que já são feitas pela linha 13-jade continuam com intervalo de 20 minutos nos horários de maior movimento, entre 5h e 8h e entre 17h e 20h, nos dias úteis, e intervalo de 30 minutos nos demais horários, com menor demanda de passageiros.

ATRASOS

Desde 2002 que existia a promessa de governos tucanos para a criação de uma viagem expressa sobre trilhos no trecho de 12,2 km. Após sucessivos atrasos, ela foi entregue no fim de março, ainda em fase de testes, pelo ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), em meio à maratona de inaugurações antes de ele sair do cargo para disputar as eleições à Presidência da República.

Em junho, a linha passou a funcionar com operação integral, quando também passou a ser cobrada a tarifa de R$ 4. Seu primeiro mês de plena operação teve baixa adesão de passageiros - demanda similar à dos ônibus intermunicipais que já faziam a ligação. Recebeu em média 7.147 usuários por dia útil, como mostrou a Folha.

Já a ligação direta com a linha 12-safira, no Brás, era prometida pela CPTM para começar em julho. A companhia disse à época esperar uma popularização com a oferta de novos serviços, que evitassem tantas paradas e baldeações no trajeto entre a capital e Cumbica.

A operação da linha expressa, sem paradas, entre as estações Luz e Aeroporto, também prevista para começar em julho, não foi iniciada. O trajeto, que deve durar cerca de 35 minutos, terá uma tarifa mais cara, de R$ 8, e deve ser inaugurado na próxima semana.

Tops da Gazeta