últimas notícias

Aeronáutica investiga se vendaval derrubou helicóptero

Cinco pessoas morreram no acidente que aconteceu no último sábado (3). Nos destroços, perícia encontrou a caixa preta da aeronave Por Matheus Herbert De São Paulo

A Aeronáutica investiga se um forte vendaval teria contribuído para a queda de um helicóptero em Mogi das Cruzes, no último sábado (3). Cinco pessoas morreram no acidente. No meio dos destroços da aeronave, a perícia da Aeronáutica encontrou a caixa preta do helicóptero.

Segundo os peritos, a análise dela terá importância na investigação, pois como não há sobreviventes só ela poderá indicar o que causou a queda. A região onde aconteceu a queda não tem cobertura das torres de controle de Guarulhos ou de Congonhas.

Três das cinco vítimas foram enterradas no Cemitério Gethsêmani, no Morumbi na tarde de terça-feira. Natália de Ávila Treu, de 42 anos, a filha dela, Lavínia de Ávila Araújo, de 12 anos, e a mãe Iracema, de 73 anos.

As outras duas vítimas foram o piloto da aeronave Marcos Chindi Minomo, de 54 anos, que também era dono do helicóptero e uma amiga de Lavínia, identificada como Larissa Ribeiro Fernandes, de 14 anos.

Acidente

Por volta das 19h20 do último sábado, o Corpo de Bombeiros recebeu uma ocorrência de que um helicóptero de grande porte havia caído em Mogi das Cruzes. Dezenove agentes trabalharam na operação na área de mata próximo a Estrada Bento Moraes de Campos.

Ainda segundo os bombeiros, no horário do acidente foi registrado uma forte ventania na região o que pode ter ocasionado a queda.

Tops da Gazeta