últimas notícias

Homem suspeito de matar grávida em Embu das Artes seria amante da vítima

As investigações da Polícia Civil apontam que o suspeito é casado e queria que a jovem interrompesse a gravidez que já estava no quinto mês Por Nely Rossany De São Paulo

O homem preso na tarde de segunda-feira (12), suspeito de matar a manicure V.R.C., 18 anos, moradora de Taboão da Serra, seria amante da vítima. De acordo com a Polícia Civil de Embu das Artes, que investiga o crime, o suspeito tem 19 anos e confessou que matou a jovem, grávida de 5 meses. Ela teria dito a ele que era o pai da criança que esperava.

As investigações apontam que o suspeito é casado e queria que ela interrompesse a gravidez.

Ele foi indiciado por homicídio culposo e teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. A manicure estava desaparecida desde quinta-feira, dia 8. A família chegou a registrar um boletim de ocorrência de desaparecimento.

Na sexta-feira (9), por volta das 17h, o corpo da jovem foi encontrado parcialmente carbonizado em um matagal próximo à rodovia Régis Bittencourt, na altura do município de Embu das Artes. Segundo a polícia, o corpo apresentava também marcas de espancamento.

Segundo as investigações, o crime foi premeditado, já que o assassino tenha ido ao encontro da jovem com gasolina dentro de um recipiente.

Após o homicídio, o acusado teria ido até a delegacia de Taboão da Serra registrar um boletim de ocorrência de sequestro relâmpago, supostamente para tentar criar um álibi. O delegado o indiciou por homicídio e aguarda decisão sobre o pedido de prisão temporária feito à Justiça.

Tops da Gazeta