Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Quinta, 03 Janeiro 2019 10:58

Homem que ateou fogo na ex-mulher é preso em Santo André

O ataque ocorreu em dezembro, quando o homem foi ao hospital onde a mulher trabalha e ofereceu uma carona. Ao chegar ao estacionamento, jogou um líquido inflamável e fogo na mulher
Por Estadão Conteúdo
De São Paulo

O segurança E. dos R.B., de 48 anos, que ateou fogo na ex-mulher no estacionamento de um hospital em Santo André, no ABC Paulista, foi preso após se entregar à polícia nesta quarta-feira, 2.

O ataque ocorreu na noite do dia 26 de dezembro, quando o homem foi ao hospital onde a auxiliar de enfermagem J.P.R., de 31 anos, trabalha e ofereceu uma carona em sua motocicleta. Ao chegar ao estacionamento, jogou um líquido inflamável e fogo na mulher.

Segundo a Polícia Civil, o casal estava separado havia um mês e o suspeito não aceitava o fim do relacionamento e queria reatar

Ainda conforme a polícia, a auxiliar e o segurança foram casados durante dez anos e tiveram dois filhos. No dia do crime, ele foi ao local de trabalho da ex-mulher e propôs que conversassem sobre a guarda dos filhos. Assim que ela subiu na garupa da moto, ele começou a falar em reconciliação e a vítima se opôs.

O segurança parou a moto, pegou uma garrafa plástica no bagageiro e lançou o líquido em direção a mulher, ateando fogo em seguida. Além de atingir a mulher, as chamas também se propagaram na roupa do homem e na substância inflamável que havia caído no asfalto. O homem tomou a bolsa da vítima, atirou no fogo e fugiu de moto pela rua, na contramão.

Mesmo ferida, a mulher pegou o celular que havia caído e pediu ajuda. Ela foi levada para o Hospital das Acácias, onde trabalha, e foram constatadas queimaduras de primeiro grau no rosto e de segundo grau em uma das mãos e no braço. No dia 27, ela foi transferida para o Hospital Central de São Bernardo, também no ABC Paulista.

Investigações

Apontado pela mulher como autor do ataque, o segurança foi identificado também pelas imagens das câmeras. Policiais foram até sua casa no dia da ocorrência, mas ele não foi encontrado. De acordo com o delegado Eduardo Buoro Ribeiro, do 1º Distrito Policial - onde a ocorrência foi registrada, a vítima contou que não havia sofrido ameaça antes e não esperava essa reação do ex-marido, por isso, aceitou a carona. Ribeiro acredita que o segurança premeditou o crime.

O suspeito fugiu após o ataque e, nesta quarta-feira, 2, se entregou na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) do município.

O caso foi registrado como tentativa de feminicídio e violência doméstica e é investigado pelo 3º DP da cidade.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado