últimas notícias

Régis registra queda de 14% nos acidentes no fim de ano

Do dia 21 de dezembro até o dia 1º de janeiro foram registrados 203 acidentes, com 86 feridos; em 2017 foram 238 acidentes Por Matheus Herbert De São Paulo

Do dia 21 de dezembro até a meia-noite do último dia 1º de janeiro foram registrados 203 acidentes, com 86 feridos e duas mortes na rodovia Régis Bittencourt, via que liga a Capital ao Paraná. Em relação ao mesmo período de 2017, houve uma redução de 14,7% no número de acidentes, já que naquela ocasião foram registrados 238 acidentes. O balanço da “Operação Fim de Ano” foi divulgado ontem pela concessionária Autopista Régis, responsável pela rodovia.

De acordo com concessionária, no período de Ano Novo a redução de acidentes foi ainda mais expressiva, atingindo uma queda de 60%. Foram 37 acidentes em 2018, contra 93 registrados em 2017. Ainda de acordo com a concessionária esse foi o segundo recesso de Ano Novo, consecutivo, sem registro de mortes na Régis Bittencourt.

Operação

Ainda de acordo com a Autopista Régis, foi preparado um esquema especial durante os últimos dias do ano passado para atender o aumento de veículos. Foram contabilizando 4.402 atendimentos prestados aos usuários, nesse período de 10 dias, das duas operações – Natal e Ano Novo. Do total de atendimentos, foram 2.958 ocorrências de panes em geral e remoções de veículos; e 351 atendimentos clínicos, de auxílio médico a vítimas de acidentes.

A média de veículos foi de 150 mil por dia nos dois feriados. Em relação a 2017, houve um aumento de 17% no número de veículos que passaram pelas seis praças de pedágio, entre São Paulo e Curitiba. No Ano Novo a movimentação foi maior ainda, com o aumento de 13% em relação a 2017.

Tops da Gazeta