últimas notícias

Número de mortes cai 15% na Régis

De acordo com a concessionária Autopista Régis, em 2018 foram 70 mortes contra 83 em 2017 Por Matheus Herbert De São Paulo

O número de mortes caiu 15% na rodovia Régis Bittencourt (BR-116), em 2018 se comparado com o ano de 2017. De acordo com os dados divulgados pela concessionária Autopista Régis, responsável pela via que liga a Capital ao sul do País, em 2018 foram 70 mortes na rodovia contra 83 no ano de 2017.

Já o número de acidentes na rodovia também registrou queda. Em 2017 foram 5.297 acidentes e em 2018 foram 4.845 acidentes. A redução foi de 8,5%.

Ainda de acordo com o balanço da Autopista Régis, os tipos de ocorrências que mais apresentaram redução foram atropelamentos (36%), colisão frontal (35%) e as colisões laterais (20%). Quanto aos acidentes fatais, as estatísticas de redução que mais se destacaram foram os atropelamentos (36%), colisão lateral (33%) e queda de moto (25%).

“Trata-se, sem dúvida, de uma grande conquista, fruto do conjunto de ações assertivas realizadas ao longo destes dez anos de concessão, como investimentos em obras e serviços, além de projetos de alcance social. Somos cientes da nossa grande responsabilidade com os usuários e estamos trabalhando para oferecer uma infraestrutura segura e de qualidade”, comenta o diretor superintendente, Nelson Segnini Bossolan.

Tops da Gazeta