últimas notícias

Jovem que teve testa tatuada é preso novamente na Grande São Paulo

O jovem foi preso na madrugada de quinta-feira (14) após ser flagrado furtando R$ 20, um moletom e um celular em uma unidade de Saúde de São Bernardo do Campo Por Folhapress De São Paulo

O jovem R.R. da S., 18, que teve a testa tatuada com a frase "Sou Ladrão e Vacilão" ao tentar roubar uma bicicleta, em 2017, foi preso mais uma vez na madrugada de quinta-feira (14), após ser flagrado furtando R$ 20, um moletom e um celular em uma unidade de Saúde de São Bernardo do Campo (ABC).

Em março do ano passado, ele também havia sido preso em flagrante, em Mairiporã (Grande SP), acusado de tentar roubar tubos de desodorante de um mercado.

No dia 31 de maio de 2017, o jovem, então com 17 anos, teve a testa tatuada com a frase "eu sou ladrão e vacilão" após ser acusado de roubar uma bicicleta, em São Bernardo do Campo (ABC).

O tatuador M.W.C. dos R., 28, e o seu amigo R.M. de A., 30, foram presos em flagrante após divulgarem vídeo, na internet, tatuando o jovem.

M.W.C dos R. e R.M. de A. foram julgados em fevereiro de 2018 e condenados por lesão corporal e constrangimento ilegal (mas não tortura). O primeiro foi condenado a três anos e quatro meses de prisão em regime semiaberto; o segundo pegou três anos e 11 meses.

Advogados do jovem afirmaram, à época, que ele estava alcoolizado e drogado, viu a porta aberta, entrou e foi pego pelos dois homens.

Na época, ele foi internado em clínica de reabilitação para tratar vício em álcool e crack e fez sessões de remoção da tatuagem.

Tops da Gazeta