últimas notícias

Jovem é detido após planejar massacre em Taboão

Em depoimento a policiais, o adolescente confirmou que tinha intenção de cometer um massacre como ocorrido na escola Raul Brasil, em Suzano, por que é “vítima de bullying” Por Portal O Taboanense Da Grande São Paulo

A Polícia Civil de Taboão da Serra identificou o adolescente que ameaçou na última semana, através de trocas de mensagens com colegas, que planejava realizar um massacre na Escola Estadual Dr. Reynaldo do Nascimento Falleiros, no Jardim São Salvador, em Taboão da Serra. O Ministério Público (MP) também acompanha o caso.

Em depoimento a policiais, ele confirmou que tinha intenção de, no futuro, cometer um massacre como ocorrido na escola Raul Brasil, em Suzano, por que é “vítima de bullying”. A Polícia Civil chegou a revistar o quarto do adolescente, mas não encontrou nenhum material com “potencialidade lesiva”.

Após investigação na 1ª Delegacia de Polícia de Taboão da Serra, a residência do jovem, de 16 anos, foi localizada no Jardim Panorama. Policiais do Garra foram até o local onde estava a sua mãe, que disse saber da “natureza da diligência” e indicou que o jovem estava naquele momento em uma igreja.

Ao chegar à sua casa, o jovem disse à polícia que “intencionava, num futuro próximo, atentar contra a vida de professores e alunos da escola, vez que sofria ‘bullying’ de outros estudantes”. Após prestar esclarecimentos, o adolescente voltou para sua casa.

ATAQUE

A ameaça de ataque na Escola Estadual Dr. Reynaldo do Nascimento Falleiros, no Jardim São Salvador, levou a direção a suspender as aulas ontem (18). A vice-diretora da unidade teria recebido informações sobre o ataque e decidiu denunciar.

Tops da Gazeta