últimas notícias

Acervo

Jovem que ameaçou massacre fará exames

O MP pediu à justiça a internação, após o jovem confessar que tinha intenção de cometer um massacre igual o realizado por dois jovens na escola Raul Brasil, em Suzano, por que é "vítima de bullying" Por Portal O Taboanense Da Grande São Paulo

O adolescente de 16 anos, aluno da Escola Estadual Dr. Reinaldo do Nascimento Falleiros, no Jardim São Salvador, em Taboão da Serra, será internado para realizar exames psicológicos. O Ministério Público pediu à justiça a internação, após ele confessar que tinha intenção de cometer um massacre igual o realizado por dois jovens na escola Raul Brasil, em Suzano, por que é "vítima de bullying". o caso ainda segue em investigação.

As ameaças foram feitas através de trocas de mensagens com colegas, em depoimento a policiais o adolescente confirmou que tinha intenção de, no futuro, realizar um massacre. Ao ficar ciente das ameaças, a direção da escola procurou a polícia.

A Polícia Civil identificou e localizou o menor no domingo à noite, dia 17, ao revistar o quarto do adolescente, nenhum material com "potencialidade lesiva" foi encontrado.

O adolescente foi levado para a delegacia, deu um depoimento e foi liberado em seguida.

Segundo a ocorrência, o jovem não ficou apreendido porque "uma vez que, preliminarmente, não restou demonstrado que o adolescente tenha ameaçado pessoa determinada, bem como, não iniciou nenhum ato de execução, após sua oitiva formal". Ele tem histórico de depressão e já tentou suicídio.

De acordo com a polícia taboanense ele será internado por medida de saúde.

Tops da Gazeta