últimas notícias

'Motorista deve ultrapassar semáforo caso esteja em perigo', diz secretário de Taboão

A medida imposta pela prefeitura só tem validade nas vias municipais; na Régis Bittencourt as multas serão aplicadas normalmente Por Matheus Herbert De São Paulo

O secretário de Transporte e Mobilidade Urbana de Taboão da Serra, Gerson Brito, esclareceu à Gazeta que a medida adotada pela prefeitura em não multar quem ultrapassar o sinal vermelho "não está liberando passagem para ninguém" e que é se o motorista for multado deve recorrer e provar que ultrapassou o sinal porque estava em situação de perigo.

"Não é que está tudo liberado e livre para passagem. Se as pessoas entenderem dessa forma, eu posso até sofrer um processo na Justiça. O motorista não será multado caso ele ultrapasse e ainda prove que estava em perigo ou em alguma situação de risco", disse Gerson.

"A forma como foi divulgada esse assunto dá a entender que foi tudo liberado após às 22h em Taboão, e não é assim. Ninguém pode sair igual um louco, ultrapassando os semáforos da cidade e provocando até um acidente. Alguns pontos de Taboão, os semáforos já ficam em amarelo piscante e esses os motoristas já podem passar. Agora, caso ele encontre algum sinal fechado e esteja em situação de perigo, deve ultrapassar e recorrer caso seja multado. Nós temos todo um mapeamento da cidade e sabemos os principais pontos e perigo do município e isso também será levado em conta na avaliação do recurso", complementou.

Ainda de acordo com a prefeitura, as rondas com a Guarda Municipal (GCM) e Polícia Militar (PM) seguirão em todos os bairros da cidade. A medida imposta pela prefeitura só tem validade nas vias municipais. Na rodovia Régis Bittencourt as multas serão aplicadas conforme a disposição da Polícia Rodoviária Federal.

Tops da Gazeta