últimas notícias

Acervo

Preso suspeito de matar motorista enforcado com cinto na Grande SP

Elvis Souza Leite, de 41 anos, morreu enforcado com o cinto de segurança do carro durante um assalto em Itaquaquecetuba Da Reportagem De São Paulo

A Polícia Civil prendeu no começo da noite de segunda-feira (7) um suspeito do assassinato do motorista de aplicativo Elvis Souza Leite, de 41 anos. Ele morreu enforcado com o cinto de segurança do carro durante uma tentativa de assalto. O crime foi cometido no último dia 18 de setembro em Itaquaquecetuba. A prisão foi divulgada na tarde de ontem (8).

Na ocasião do assassinato, a polícia apreendeu um adolescente. Segundo a polícia, o adolescente confessou que cometeu o crime com outros dois homens.

Assim, a Polícia Civil passou a investigar os suspeitos apontados pelo jovem. A polícia continua em busca do terceiro suspeito da morte do motorista.

De acordo com a Polícia Militar, Elvis Souza Leite foi enforcado com o cinto de segurança do carro.

Segundo informações da PM, a namorada de um dos criminosos fez o pedido para uma corrida na rua Valparaizo, em Itaquaquecetuba, e três homens entraram no veículo.

"Eu acredito que, durante o deslocamento, tenha havido uma briga. Os meliantes anunciaram o roubo, sem armamento, ele deve ter percebido a ocorrência e reagido. Os criminosos do banco de trás devem ter enforcado o motorista durante o deslocamento", explicou Douglas Ramalho, tenente da Polícia Militar, ao "G1"

O veículo de Elvis foi encontrado na rua Ferraz de Vasconcellos, via que fica a 500 metros de onde a corrida começou.

Dois suspeitos conseguiram fugir e o adolescente foi apreendido. Os criminosos não roubaram nada do motorista, segundo a PM.

Tops da Gazeta

Preso suspeito de matar motorista enforcado com cinto na Grande SPPreso suspeito de matar motorista enforcado com cinto na Grande SP
últimas notícias

Acervo

Preso suspeito de matar motorista enforcado com cinto na Grande SP

Elvis Souza Leite, de 41 anos, morreu enforcado com o cinto de segurança do carro durante um assalto em Itaquaquecetuba Da Reportagem De São Paulo

A Polícia Civil prendeu no começo da noite de segunda-feira (7) um suspeito do assassinato do motorista de aplicativo Elvis Souza Leite, de 41 anos. Ele morreu enforcado com o cinto de segurança do carro durante uma tentativa de assalto. O crime foi cometido no último dia 18 de setembro em Itaquaquecetuba. A prisão foi divulgada na tarde de ontem (8).

Na ocasião do assassinato, a polícia apreendeu um adolescente. Segundo a polícia, o adolescente confessou que cometeu o crime com outros dois homens.

Assim, a Polícia Civil passou a investigar os suspeitos apontados pelo jovem. A polícia continua em busca do terceiro suspeito da morte do motorista.

De acordo com a Polícia Militar, Elvis Souza Leite foi enforcado com o cinto de segurança do carro.

Segundo informações da PM, a namorada de um dos criminosos fez o pedido para uma corrida na rua Valparaizo, em Itaquaquecetuba, e três homens entraram no veículo.

"Eu acredito que, durante o deslocamento, tenha havido uma briga. Os meliantes anunciaram o roubo, sem armamento, ele deve ter percebido a ocorrência e reagido. Os criminosos do banco de trás devem ter enforcado o motorista durante o deslocamento", explicou Douglas Ramalho, tenente da Polícia Militar, ao "G1"

O veículo de Elvis foi encontrado na rua Ferraz de Vasconcellos, via que fica a 500 metros de onde a corrida começou.

Dois suspeitos conseguiram fugir e o adolescente foi apreendido. Os criminosos não roubaram nada do motorista, segundo a PM.

Tops da Gazeta