últimas notícias

Leilões & Negócios

Os leilões acontecem a partir da próxima terça-feira (26) no perfil do Instagram do Petra Belas Artes; dinheiro arrecadado será usado para pagar os funcionários do cinema durante a quarentena
Os leilões acontecem a partir da próxima terça-feira (26) no perfil do Instagram do Petra Belas Artes; dinheiro arrecadado será usado para pagar os funcionários do cinema durante a quarentena
Foto: REPRODUÇÃO /FACEBOOK

Famosos se unem para ajudar o Cine Belas Artes em São Paulo

Petra Belas Artes está leiloando itens doados por famosos para pagar funcionários

A classe artística está empenhada para ajudar um dos cinemas mais tradicionais de São Paulo: o Petra Belas Artes, na região da avenida Consolação.

Fechado desde março, quando foram adotadas medidas de distanciamento social,com o fechamento do comércio e serviços não essenciais, o que inclui os cinemas, o estabelecimento está enfrentando dificuldades para pagar os funcionários.

Para não dispensar ninguém, o cinema já realizou um financiamento coletivo. Agora, está organizando leilões com objetos doados por artistas.

Os leilões acontecem a partir da próxima terça-feira (26) no Instagram do Petra Belas Artes. Os lances podem ser dados nos comentários, entre 12h e 20h. No primeiro dia, serão leiloados um figurino usado por Jesuíta Barbosa, no filme "O Grande Circo Místico", e uma arte de "Bacurau", doada por Silvero Pereira.

Macaque in the trees
Uma arte de "Bacurau", doada por Silvero Pereira, está disponível

O pregão conta ainda com uma coleção de itens do filme "Meu Passado me Condena", doada por Miá Mello, um kit do filme "Entrando Numa Roubada", com Marcos Veras, doado pelo próprio; um kit de "Os Famosos e os Duendes da Morte", do cineasta Esmir Filho.

Estão disponíveis ainda uma medalha que Fábio Porchat ganhou no Emmy pelo Porta dos Fundos, uma máscara teatral de Vanessa Giácomo, um boné de Reinaldo Gianecchini, um casaco usado pela atriz Maria Ribeiro no filme "Como Nossos Pais", entre outros itens.

Os ganhadores poderão retirar os itens arrematados no próprio cinema, quando este puder reabrir para o público.

O Belas Artes existe desde 1967 e já enfrentou diversas situações complicadas. Sem apoio, teve que fechar as portas em 2011, permanecendo fechado até 2014, quando recebeu patrocínio da Caixa Econômica Federal. No ano passado, contudo, o banco encerrou a parceria fazendo com que o cinema quase fechasse. Em maio de 2019, a instituição passou a ser patrocinada pelo grupo Petrópolis, que inclui a cerveja Petra, e é o responsável pela manutenção e o pagamento do aluguel do espaço.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta