últimas notícias

Leilão de bens de Eike, Cabral e Miranda arrecada R$ 90 mil

Itens mais caros, como a Lamborghini Aventador do empresário e a lancha do ex-governador, não foram arrematados Da Reportagem De São Paulo

Mais de R$ 90 mil foram arrecadados em leilão dos bens apreendidos de Sérgio Cabral, Eike Batista e Carlos Miranda realizado na quinta-feira (4). Os itens arrematados foram um jet boat e um jet ski do empresário, vendidos por R$ 47 mil à vista e R$ 43,5 mil parcelados, respectivamente.

Os itens com valores mais altos como a Lamborghini Aventador de Eike Batista, avaliada em R$ 2.240.700,00 e a lancha "Manhattan Rio", que pertencia a Sérgio Cabral, avaliada em R$ 2.360.000, não receberam lances.

Já um sítio de 51,3 hectares localizado em Paraíba do Sul, que pertencia ao operador financeiro de Sérgio Cabral, Carlos Miranda, também não foi vendido. O imóvel estava avaliado em R$ 2.250.000.

O leilão aconteceu presencialmente e pela internet e teve 30 pessoas. "Um segundo leilão está marcado para o próximo dia 18. Nele, haverá descontos de 20% nos preços, o que não ocorreu hoje. Por isso, acho que deverá haver mais interessados e mais itens deverão ser vendidos", explicou o leiloeiro Renato Guedes ao "G1".

NÃO ARREMATADOS

Além de dar o lance, para arrematar a Lamborghini que pertenceu a Eike, o comprador terá que assumir débitos de IPVA, de 2018 e 2019, no valor de R$ 135 mil, além de multa junto ao Detran no valor de R$ 127.

A lancha de Cabral terá lance mínimo de R$ 2,95 milhões. A embarcação, de 1997, tem 80 pés e é do modelo Ferreti 80 Luxury Yachts. O barco tem quatro quartos, sendo duas suítes com camas de casal, sala de estar e de jantar e capacidade para 23 passageiros.

A fazenda Três Irmãos, do operador Carlos Miranda e localizada em Paraíba do Sul, tem 21,2 alqueires. Avaliada em R$ 3 milhões, a propriedade tem uma casa principal, casa de hóspedes, casa do administrador da fazenda, curral, capril, bodário, alambique e ainda um galpão.

Tops da Gazeta