últimas notícias

Casarão histórico vai a leilão em Salvador, na Bahia

Propriedade em Salvador começou a ser construída em 1699 e será vendida para o pagamento de dívidas trabalhistas Por Gladys Magalhães De São Paulo

O Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região da Bahia (TRT5) autorizou a venda do Solar Saldanha, casarão histórico, que pertence ao Liceu de Artes e Ofícios, em Salvador. O leilão tem como finalidade o pagamento de dívidas trabalhistas.

Avaliado em R$ 9,5 milhões, o imóvel tem lance inicial de R$ 6,5 milhões. O pregão acontece dia 21 de outubro, na modalidade de venda direta, na qual não há a oferta de lances online, mas propostas apresentadas em envelopes fechados, que devem ser entregues até às17h do dia do leilão, que ocorrerá no 11º andar do Fórum Juiz Antônio Carlos Araújo de Oliveira, na rua Miguel Calmom, 285.

No envelope deve constar o valor da proposta, nome do interessado, CPF ou CNPJ, endereço, telefone, declaração da forma de pagamento, do valor da entrada e de conhecimento do estado físico do imóvel.

O prédio, que fica na Rua Guedes de Brito, na Praça da Sé, foi construído em 1699. Em 1874, passou a funcionar como sede do Liceu de Artes e Ofícios da Bahia, fundado dois anos antes. Em 1938, o imóvel foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e, desde 2009, abriga a Fundação de Cultura do Estado da Bahia, órgão ligado à Secretaria de Cultura do Estado.

Além do prédio do Liceu, o TRT5 também colocou à venda um imóvel da Fundação Dois de Julho para pagar dívidas trabalhistas. A propriedade tem lance mínimo de R$ 12,9 milhões, embora esteja avaliada em R$ 21,5 milhões. As propostas serão recebidas até às 17h do dia 24 de outubro.

Nos dois casos, todos os detalhes dos pregões, como fotos e editais, podem ser encontrados no site do TRT5 da Bahia e da Hasta Leilões, um dos leiloeiros participantes.

Tops da Gazeta