últimas notícias

Polícia reconstitui morte de jovem causada por disputa de emprego em Santos

De acordo com a polícia, Angélica da Cruz, de 27 anos, matou a facadas a vizinha Érica Oliveira da Silva e feriu duas irmãs da vítima, Débora, e Danielle Da Reportagem De São Paulo

A polícia fez nesta terça-feira a reconstituição do assassinato de uma jovem de 24 anos, morta a facadas em Santos, no litoral de São Paulo, por conta de uma vaga de emprego.

O crime aconteceu no dia 13 de janeiro, no bairro Monte Cabrão. Uma audiência sobre o caso foi realizada em junho, mas os réus não foram ouvidos pois a defesa solicitou a reconstituição dos fatos.

De acordo com a polícia, Angélica da Cruz, de 27 anos, matou a facadas a vizinha Érica Oliveira da Silva e feriu duas irmãs da vítima, Débora, de 22 anos, e Danielle, de 29. A motivação seria uma vaga de emprego. Angélica desejaria a vaga de assistente administrativa que era ocupada por Érica em uma empresa no bairro.

Também se envolveram na briga o pai, a madrasta e o marido da acusada, que teriam ajudado a esfaquear Érica e suas duas irmãs. Eles também foram presos. O irmão mais novo também é suspeito de participação no crime, mas é menor de idade e não responderá criminalmente.

Angélica se apresentou à polícia após a Justiça decretar sua prisão temporária. Ela prestou depoimento e, em seguida, foi encaminhada à Cadeia Pública Feminina anexa ao 2º Distrito Policial de São Vicente, também no litoral paulista.

Tops da Gazeta