últimas notícias

Réveillon em Guarujá atrai 2 milhões de pessoas

Um espetáculo de cores e luzes brindou a chegada de 2019 na cidade Por Diário do Litoral De Santos

Cerca de 2 milhões de pessoas assistiram a queima de fogos em Guarujá. Turistas de vários lugares do Brasil e do mundo curtiram a passagem do ano na Cidade. Um espetáculo de cores e luzes brindou a chegada de 2019.

À meia noite, o céu se transformou em um grande telão, um total de 12.340 disparos pirotécnicos, distribuídos em cinco balsas, encantaram o público nas praias de Pitangueiras e Astúrias. As bombas formavam figuras geométricas e embalavam os desejos de 2019. O show teve duração 15 minutos.

“Foi um espetáculo lindo que brindou a nova fase da Cidade. Turistas de diversas partes do país vieram conhecer o nosso Réveillon e saíram com o gosto de quero mais”, declarou o secretário interino de Turismo, Marcelo Nicolau.

O secretário ressaltou que a festa foi possível com o apoio da iniciativa privada e com o trabalho da Secretaria de Coordenação Governamental. Destacou também o esquema de segurança montado para a passagem do ano, o trabalho integrado entre a Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar garantiu a segurança.

“Ano novo diferenciado, o turista bastante satisfeito com a infraestrutura da Cidade. A limpeza e o policiamento foram o diferencial, com certeza refletiu de uma forma muito positiva no comércio em geral. Segundo os hóspedes a queima de fogos não perdeu em nada para o Rio de Janeiro e Santos”, afirmou a sócia administradora do Grand Hotel Guarujá, Nalva Lima.

A festa contou com o apoio da Prefeitura de Guarujá por meio da secretaria de Coordenação Governamental; da Associação Comercial e Empresarial de Guarujá (Aceg), com patrocínio do Shopping La Plage.

Segurança

Segundo a PM, os índices de criminalidade caíram em relação ao mesmo período do ano passado, com destaque para furtos, com redução de 45,16%.

“O policiamento preventivo e ostensivo, de forma bem atuante e proativa, garantiu uma virada de ano tranqüila. Prova disso é que não registramos nenhuma ocorrência grave, principalmente aquelas que atentem contra a vida e à integridade física da pessoa, que é a nossa maior preocupação”, ressaltou tenente coronel Luiz Fernando Stefani, comandante do 21ºBPM/I.

Tops da Gazeta