últimas notícias

Sasha revela mágoa, mas afirma que permaneceu no Santos para convencer Sampaoli

O jogador sequer foi inscrito para a estreia no Campeonato Paulista e o técnico Jorge Sampaoli deu declarações liberando a saída dele, pois não via definição técnica no atleta Por Folhapress De Santos

No início deste ano, o atacante Eduardo Sasha, do Santos, viveu um momento difícil. O jogador sequer foi inscrito para a estreia no Campeonato Paulista e o técnico Jorge Sampaoli deu declarações liberando a saída dele, pois não via definição técnica no atleta.

O atacante, porém, aceitou o desafio de ficar no Santos e mostrar para o argentino que ele estava errado. Após algumas oportunidades e boas exibições, Sasha marcou pela primeira vez na temporada diante do Grêmio. O camisa 27 não escondeu a mágoa, mas enfatizou a volta por cima.

"É difícil chegar motivado no início do ano e receber uma notícia dessas, mas eu sabia que eu ainda poderia mostrar meu futebol e preferi ficar para mostrar que poderia ajudar. Continuei trabalhando independente da primeira opinião que ele teve no começo do ano. Aos poucos ele foi me dando oportunidade e ontem eu fui coroado com um gol", disse Sasha em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (29) no CT Rei Pelé.

Diante do time gaúcho, Sasha fez um gol digno de camisa 9, tão em falta no Santos. Felipe Jonatan levantou para a área, Jean Lucas escorou para o atacante, que dominou no peito e deu um toque de classe por cima do goleiro Paulo Victor.

Sasha se colocou a disposição para ajudar como centroavante, mas lembrou que não é sua função preferida. "Não temos uma pessoa fixa que fique na área com os zagueiros. Temos atletas com mobilidade e temos feito gols. Se chegar um camisa 9 que faça muitos gols, será bem-vindo. Posso ajudar, se tiver que ficar ali mais fixo pode contar comigo, mas sabendo que eu gosto de jogar mais pelos lados", declarou.

O Santos volta a campo na quinta-feira (2), às 19h15, quando recebe o Fluminense, na Vila Belmiro, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Tops da Gazeta