últimas notícias

Autoridades já apreenderam mais de 15 toneladas de drogas no Porto de Santos em 2019

Agentes da instituição já localizaram 15.614,24kg de drogas escondidas em contêineres e outros locais dentro de embarcações Por Diário do Litoral De Santos

A Alfândega da Receita Federal do Brasil do Porto de Santos já interceptou mais de 15 toneladas de drogas até agosto deste ano. O número divulgado pela instituição foi registrado desde janeiro e já é superior à quantidade de entorpecente encontrado durante operações nos anos de 2013 a até 2017.

Segundo a Alfândega, grande parte das apreensões de drogas ocorreram durante o trabalho rotineiro de Análise e Gerenciamento de Risco, Fiscalização, Vigilância e Repressão Aduaneira realizado pela Receita Federal do Brasil e, no caso deste porto, pela Alfândega de Santos.

Ao todo, os agentes da instituição já localizaram 15.614,24kg de drogas escondidas em contêineres e outros locais dentro de embarcações que teriam como destino países como Bélgica, Holanda, Espanha e França no continente europeu, além de Índia, na Ásia Meridional e Gana, que fica no oeste do continente africano.

Os dados cedidos pela Receita Federal demonstram que o mês onde foram registradas mais apreensões foi maio, quando um total de 3.482kg de entorpecente foi localizado. Na sequência, surgem março, com 3.065kg e junho, que registrou apreensões que totalizaram 2.772kg. O mês com o menor índice foi janeiro, quando as autoridades apreenderam 432kg de substâncias ilícitas.

As estatísticas ainda demonstram que em junho deste ano, a quantidade de drogas apreendidas já havia superado os números totais registrados durante todo 2017, quando foram apreendidos 11.540kg de droga e 2016, quando o número total chegou a 10.622kg. No primeiro semestre de 2019, a instituição registrou uma pesagem de drogas que alcança 12.924kg.

OPERAÇÕES

A planilha de dados atualizada da Receita Federal também demonstra que em agosto deste ano o número de ações desenvolvidas que resultaram na apreensão de drogas também já superou o número total de operações realizadas durante todo o ano de 2017. Nos primeiros oito meses deste ano, as autoridades executaram 34 operações, contra 24 do ano retrasado.

Em 2018, a instituição registrou 46 ações que apreenderam 23.118,76kg de droga. O número deste ano é aproximadamente 32% menor que aquele registrado entre janeiro e dezembro do ano passado. Apesar disso, os números que serão registrados nos últimos quatro meses deste ano devem acrescentar a um índice final superior à pesagem de entorpecentes registrado no ano passado.


*Por LG Rodrigues, do Diário do Litoral

Tops da Gazeta