últimas notícias

São Sebastião e Transpetro definem estratégia para uso das faixas de dutos

No encontro foi apresentado um programa que tem como objetivo a conscientização pública e a prevenção de ações que possam implicar em impactos às instalações da Transpetro Da Reportagem Do Litoral Norte

Secretários de Obras, Serviços Públicos, Meio Ambiente e Defesa Civil da Prefeitura de São Sebastião receberam nesta quinta-feira (29) a visita de técnicos da Transpetro, entre eles o supervisor da Faixa de Dutos, Cristovam Ambrósio, e o coordenador de Relacionamento com as Partes Interessadas SP-Litoral, Caio Rodrigo Darwich. No encontro foi apresentado um programa que tem como objetivo a conscientização pública, o relacionamento com as partes interessadas das faixas de dutos e a prevenção de ações de terceiros que possam implicar em impactos diretos ou indiretos às instalações da Transpetro.

Segundo Darwich, qualquer interface que seja realizada pela prefeitura em local próximo a áreas com oleodutos deve ser comunicada a Transpetro para evitar possíveis acidentes e/ou danos às instalações.
“É importante que a prefeitura tenha conhecimento sobre os riscos. Nessa reunião já iremos marcar outras duas, com as regionais da Secretaria de Serviços Públicos, que vêm realizando mutirões de pavimentação em diversas ruas, para dar orientações sobre riscos associados ao transporte dutoviário às equipes de campo efetivas”, disse Darwich.

Ainda de acordo com ele, também seria interessante conversar sobre possíveis parcerias para intervenções urbanísticas como ciclovias e hortas urbanas que podem ser de interessa da Transpetro, Prefeitura e da população. “Em São Sebastião, vemos possibilidades de urbanização em bairros como Porto Grande, Maresias, Juquehy, Paúba e Barra do Una”, informou o coordenador da Transpetro.

Tops da Gazeta