Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Domingo, 08 Setembro 2019 15:34

Mulher é presa após morder rapaz e xingar PM de 'macaco nojento' em Praia Grande

A mulher trafegava em um veículo com os pneus furados e soltando faísca quando foi abordada pelos policiais. Exames indicaram embriaguez.
O rapaz levou uma mordida na região da barriga. O rapaz levou uma mordida na região da barriga. Divulgação/PM
Da Reportagem

Uma mulher, de 30 anos, foi presa em flagrante após agredir um casal em Praia Grande e trafegar em um carro com os pneus furados e soltando faísca pelas rodas. Segundo a PM, durante a abordagem ela teria chamado um cabo da corporação, que é negro, de 'macaco nojento'. Um exame realizado apontou embriaguez.

Segundo a PM, a mulher foi abordada por uma equipe de patrulhamento enquanto trafegava pela Avenida Dr. Roberto de Almeida Vinhas em um carro branco, com os pneus furados e soltando faísca pelas rodas. Isso chamou a atenção dos policiais que, então, pediram para que ela parasse. A ordem não foi obedecida, ela tentou fugir mas, alguns metros depois, se entregou.

Um cabo que fazia a averiguação do veículo e demais documentações foi chamado por ela de 'macaco nojento'. Além disso, a mulher também agrediu outro policial com um soco.

Ela foi detida e levada até a Delegacia Sede do município. Mas, durante o registro da ocorrência, um casal chegou ao local dizendo que teria sido agredido por uma mulher que estava em um carro branco. Os policias notaram, então, que se tratava do mesmo veículo apreendido. O casal reconheceu a mulher como sendo a agressora.

O rapaz disse que levou vários chutes e socos, além de uma mordida na barriga. Já a moça relatou que levou um soco na boca e que teve os cabelos puxados pela mulher, que estava em 'fúria'. Ainda não se sabe o motivo que levou à confusão.

As vítimas foram encaminhadas à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Quietude, onde foram medicadas e liberadas. Já a mulher realizou exame de corpo de delito e foi presa pelo crime de lesão corporal.

A PM confirmou que exames apontaram embriaguez e o xingamento racista foi incluído no boletim de ocorrência.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado