Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Sábado, 30 Novembro 2019 16:08

Prefeitura e Governo de SP entregam primeira fase das obras da Nova Entrada de Santos

Essa primeira fase contempla um viaduto que aliviará o trânsito na chegada a cidade e uma passarela que interliga os bairros São Manoel e Piratininga.
O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, e demais autoridades e líderes municipais e estaduais. O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, e demais autoridades e líderes municipais e estaduais. Thaigo Costa/DL
Por Diário do Litoral
De Santos

*Por Thaigo Costa/De Santos

A prefeitura de Santos juntamente com o Governo do Estado de São Paulo entrega hoje a primeira fase das obras da nova entrada de Santos.

Essa primeira fase contempla um viaduto que aliviará o trânsito na chegada a cidade e uma passarela que interliga os bairros São Manoel e Piratininga. 

Hoje também foi liberada a passagem de automóveis pela Marginal Anchieta na altura da Vila Alemoa, que estava interditada há um mês. 

A cerimônia de entrega dessa primeira fase foi aberta ao público e occoreu em meio ao canteiro de obras na rodovia Anchieta e contou com a presença de autoridades regionais, estaduais e federais, como vereadores, deputados, prefeitos de Cubatão, Guarujá e Santos, juntamente com o vice prefeito, o vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia, além dos Secretários Estadual e Municipal de Logística e Transportes.

Para o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), essa é a obra de maior importância estrutural e histórica para o município, pois além de tirar do papel um projeto que há décadas já era demanda da população, resultará no alívio do trânsito tanto para o escoamento de cargas no porto quanto para os munícipes, mas também para os turistas que frequentam a cidade em grande número, principalmente em época de férias e feriados.  

"Essa obra começou em 2012, antes mesmo de assumir a prefeitura, assim que ganhei as eleições, fui em busca de recursos, que são fundamentais. Hoje temos o orgulho de entregar a primeira fase da obra, o primeiro de quatro viadutos, e me comprometo que até o fim do primeiro semestre de 2020 entregaremos os outros três viadutos, e até o fim do ano concluiremos a obra na totalidade, que ainda terá uma ponte interligando a Zona Noroeste com a Anchieta e os bairros ao redor além de duas passarelas, uma que está sendo entregue hoje e a outra que será entregue em breve, que farão parte da maior obra viária da história da cidade de Santos", explica o prefeito.

De acordo com o prefeito, a obra está acelerada e adiantada. "Essa parte da obra era para ser entregue apenas no início do ano que vem, mas conseguimos antecipar e entregar hoje".

O vice governador Rodrigo Garcia (DEM), ressalta a representatividade parlamentar, tanto estadual quanto federal, da região e reconhece que sem representantes regionais, as parcerias ficam mais difíceis.

"Quero aproveitar para registrar a importância da representatividade da região, pois sem essa voz, essa articulação, os investimentos ficam mais difíceis. Existem muitas regiões no estado que não tem essa representatividade, o que dificulta muito essa interlocução". 

Rodrigo ressaltou também a qualificação logística com essa obra, que tem uma carga significativa por se tratar do maior porto da América Latina.   

De acordo com o Secretário Estadual de Logística e Transporte João Octaviano Machado Neto, "essa obra é só o começo da integração entre os municípios e o Governo do Estado, em uma gestão que chamamos de municipalista". Para o secretário, o trabalho em conjunto entre as esferas municipais e estaduais é imprescindível e vê nessa gestão uma oportunidade de, não apenas iniciar, mas, concluir obras históricas e de extrema importância para a região, como o caso do anel viário da entrada da cidade de Santos.

Para o Deputado Estadual Kenny Mendes (Progressistas), a importância dessa obra é incalculável. "Uma obra como essa, além da importância para o turismo municipal e regional e no escoamento de cargas para o maior porto do país, é um fato que ficará para a história, pois a construção desses viadutos, até pouco tempo atrás, era visto como uma lenda urbana na cidade. Fico muito feliz de poder participar desse momento".

Já para o Deputado Federal Junior Bozzella (PSL) é preciso enxergar não apenas os aspectos econômicos da obra, mas também o aspecto social. "Fico muito feliz em participar desse evento público onde as ações saem da teoria e aconteçam na prática, na tentativa de minimizar os impactos sociais de enchentes, alagamentos e principalmente do trânsito na região, são ações como essa que nos possibilitam mudar a realidade e a vida das pessoas".

Junior Bozzella aproveitou a oportunidade para destinar cerca de R$5 milhões em emendas impositivas para a conclusão das obras.

Segundo a deputa federal Rosana Valle (PSB), em conversas recentes com o Ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas, foi pedido a inclusão, no orçamento para 2020, de uma verba no valor de R$ 25 milhões para as obras de drenagem na cidade, que somadas aos esforços de reparos feitos juntamente com a obra atual, tende a desafogar o sistema de drenagem municipal, que já não é suficiente há décadas, o que tende a minimizar ou até mesmo acabar com os constantes alagamentos e enchentes.  

" Me sinto orgulhosa, como Santista, de estar presente aqui, nesse momento de entrega da obra para a população. Tive, recentemente, uma reunião com o Ministro de Infraestrutura que se comprometeu em colocar no orçamento de 2020 a verba necessária para as obras de drenagem do município. Além disso, temos um projeto de lei que faz com que uma parte dos recursos arrecadados com os leilões no porto, tanto na cidade de Santos quanto no Guarujá, possam ficar para os municípios", comenta a deputada.

Prazos e custos

A obra que conta com um convênio em parceria entre a prefeitura de Santos e o governo estado de São Paulo tem custo total estimado em cerca de R$700 milhões de reais e prazo de conclusão e entrega para o fim do ano de 2020.

A obra finalizada contará com quatro viadutos, duas passarelas e uma ponte, além de instalação de novas tubulações e manilhas subterrâneas que auxiliarão a drenagem das águas pluviais na região.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - [email protected]
Comercial - [email protected]

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - [email protected]
Comercial - [email protected]

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado