últimas notícias
Trump foi considerado culpado por incitar à violência que resultou na invasão do Capitólio
Trump foi considerado culpado por incitar à violência que resultou na invasão do Capitólio
Foto: Official White House Photo/Andrea Hanks/Fotos Públicas

Donald Trump recebe alerta de rede social em publicação sobre protestos

Presidente dos Estados Unidos sugeriu atirar nos manifestantes para impedir saques na onda de protestos

Nesta sexta-feira (29), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se manifestou contra a onda de protestos contra a violência policial em Minneapolis. Em uma rede social, o presidente sugeriu atirar nos manifestantes para impedir saques.

"Estes BANDIDOS estão desonrando a memória de George Floyd, e eu não deixarei que isso aconteça. Acabei de conversar com o governador Tim Waltz e disse que o Exército está com ele até o fim. Qualquer dificuldade e nós assumiremos o controle, mas quando começam os saques, começam os tiros", publicou Trump.

O Twitter, rede social em que a publicação foi feita, incluiu um aviso informando que a publicação violou regras do site. "Este tuíte violou as regras do Twitter sobre a glorificação da violência. No entanto, o Twitter decidiu que pode ser do interesse do público que este tuíte continue acessível", informa o aviso.

A cidade americana Minneapolis tornou-se alvo de protestos após a morte de George Floyd. O homem negro foi prensado contra o chão por um policial branco e vídeo mostrou o policial ajoelhado no pescoço da vítima.

Comentários

Tops da Gazeta