Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Segunda, 15 Abril 2019 14:39

Catedral de Notre-Dame, na França, é atingida por incêndio

Até o momento, as autoridades francesas tratam o caso como um acidente. Ainda não se sabe o que teria causado as chamas
A catedral recebe 13 milhões de turistas todo ano - é o monumento histórico mais frequentado da Europa A catedral recebe 13 milhões de turistas todo ano - é o monumento histórico mais frequentado da Europa Reprodução/Twitter
Por Folhapress

A famosa catedral de Notre-Dame, em Paris, foi atingida por um incêndio de grandes proporções nesta segunda-feira (15). Ainda não se sabe o que teria causado as chamas.

Até o momento, as autoridades francesas tratam o caso como um acidente. O fogo foi visto no topo da construção, nas duas torres principais. Uma operação com mais de cem bombeiros está em curso enquanto a área é isolada.

Segundo o secretário de Estado do ministério do Interior, Laurent Nunez, não há registros de feridos até o momento - o incêndio foi declarado às 18h50 (13h50 no horário de Brasília), segundo o porta-voz da catedral.

Ele ainda informou que a estrutura que sustenta o telhado da igreja "está sendo devorada pelas chamas".

O perímetro em torno da Île de la Cité, onde fica a catedral, foi isolado por policiais. Na ponte Saint Michel, a 100 metros da torre, centenas de pessoas tiravam fotos e faziam vídeos por volta das 19h50, quando as chamas ainda aparentavam estar fora de controle.

A reportagem da Folha de S.Paulo cruzou com ao menos duas que choravam copiosamente.

Por volta das 20h20 (15h20 no Brasil), quando a reportagem conseguiu ter acesso à praça em frente à catedral, o fogo parecia estar mais controlado, mas muita fumaça ainda saía da porção central do teto da construção.

Na última sexta-feira (12), 16 estátuas de bronze que adornam os telhados da catedral foram retiradas para restauração. Segundo os bombeiros, o incêndio está "potencialmente relacionado" às obras na edificação.

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, lamentou o "terrível incêndio" que arrasa o teto da catedral, um dos monumentos mais emblemáticos da capital francesa e símbolo da arquitetura gótica. A catedral também se popularizou graças ao romance de Victor Hugo, "Notre-Dame de Paris", publicado em 1831.

Protagonizada pelo Corcunda de Notre-Dame, que vive no campanário da catedral, entre os gárgulas, a obra é impregnada pela paixão de Victor Hugo pela construção gótica, uma proeza tecnológica da época medieval.

A construção da Notre-Dame na Île de la Cité, uma pequena ilha no centro de Paris, rodeada pelas águas do rio Sena, levou 180 anos: desde 1163, quando começou a construção no local de uma catedral romana, até 1345.

Em meados do século 12, a catedral romana era muito pequena para a população de Paris, cujo crescimento havia disparado. Surgiu então o projeto de construir uma imensa catedral, de 135 metros de largura e 40 metros de altura.​

A catedral recebe 13 milhões de turistas todo ano - é o monumento histórico mais frequentado da Europa.

Após tomar conhecimento do incêndio, o presidente francês, Emmanuel Macron, adiou um discurso que faria nesta segunda sobre medidas econômicas para aplacar os protestos liderados pelos "coletes amarelos"

No Twitter, o presidente francês declarou que está triste em ver "parte de nós todos queimar".


*Atualizado às 16:32

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado