últimas notícias

Terremotos no sudoeste da China deixam 13 mortos e mais de 130 feridos

Segundo a agência Reuters, um terremoto de magnitude 5.9 foi seguido, meia hora depois, de outro, de magnitude 5.2 na província chinesa de Sichuan, no sudoeste do país Por Folhapress De São Paulo

Ao menos 13 pessoas morreram e mais de 130 ficaram feridas em decorrência de atividades sísmicas que atingiram a província chinesa de Sichuan, no sudoeste do país, na noite de segunda-feira (17), ainda manhã no fuso horário de Brasília.

Segundo a agência de notícia Reuters, um terremoto de magnitude 5.9 foi seguido, meia hora depois, de outro, de magnitude 5.2. Os dois tiveram epicentros a cerca de dez quilômetros da superfície, próximo ao condado de Changning. Também foram relatados diversos tremores secundários.

Segundo o canal britânico BBC, mais de 4 mil pessoas tiveram que ser realocadas, pois suas casas foram destruídas ou danificadas. Algumas das principais estradas da região também foram danificadas.

A região de Sichuan sofre regularmente com terremotos. Em 2008, um abalo de magnitude 7.9 a 80 quilômetros ao noroeste de Chengdu deixou mais de 87 mil pessoas mortas ou desaparecidas.

Em 2017, um terremoto de 7 graus de magnitude matou mais de 20 pessoas ao norte de Chengdu.

Tops da Gazeta