Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Terça, 10 Setembro 2019 15:43

Eritreia lidera ranking de países que mais censuram a imprensa

Na Eritreia, o ditador Isaias Afewerki, baniu todos os veículos noticiosos independentes em 2001, mesmo ano no qual prendeu diversos jornalistas
Para silenciar a mídia, governos usam métodos tradicionais, como intimidação e detenção arbitrária de jornalistas Para silenciar a mídia, governos usam métodos tradicionais, como intimidação e detenção arbitrária de jornalistas Divulgação
Por Folhapress
De São Paulo

Como era de se esperar, ditaduras lideram o ranking de países onde a imprensa sofre maior grau de censura por parte do governo, aponta levantamento do Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) divulgado nesta terça (10).

Pela segunda edição seguida, Eritreia (1º), Coreia do Norte (2º) e Turcomenistão (3º) figuram no topo do relatório.
Nesses países, "a mídia serve como porta-voz do Estado, e qualquer jornalismo independente é conduzido a partir do exílio", afirma o estudo da CPJ, organização sem fins lucrativos.

Para silenciar a mídia, governos usam métodos tradicionais, como intimidação e detenção arbitrária de jornalistas e seus familiares, além de monitoramento online.

Na Eritreia, o ditador Isaias Afewerki, no poder há quase 30 anos, baniu todos os veículos noticiosos independentes em 2001, mesmo ano no qual prendeu diversos jornalistas. O quadro se completa com a dificuldade extrema de acesso à internet - menos de 1% da população de 5,6 milhões de pessoas tem acesso à rede.

De maneira geral, não houve melhoras de 2015 - ano do relatório anterior - para cá, segundo a diretora de Advocacia do CPJ, Courtney Radsch. Ela cita como exemplo a China, que ocupava o oitavo lugar há quatro anos e agora está em quinto. O país mais populoso do mundo - 1,3 bilhão de habitantes - tem "o mais extenso e sofisticado aparato de censura", aponta o estudo.

Isto se dá, segundo o relatório, devido à supervisão de veículos noticiosos privados e estatais pelo Partido Comunista. Desde 2017, sites e redes sociais só podem prover informação com a permissão de um comitê regulador.

Já os usuários têm acesso a conteúdos de fora do país restrito pelo bloqueio de redes sociais e de mecanismos de busca. É possível driblar as limitações com o uso de redes privadas (os VPNs), mas censores atuam para exigir a exclusão de posts.

O único país das Américas no relatório é Cuba: assim como em 2015, a ilha ocupa a décima colocação.

O território viu nos últimos anos o avanço da internet móvel, mas jornais e sites são forçados pelo Estado a reportarem "de acordo com os objetivos da sociedade socialista".

O relatório, feito com base em pesquisas e no conhecimento dos funcionários da organização, leva em conta apenas países em que o governo exerce censura direta ou indireta sobre o trabalho de jornalistas. A Síria, por exemplo, não entra por estar em guerra, o que é uma dificuldade natural para repórteres.

A organização não divulga a posição de nações fora da lista dos dez primeiros.

Países onde a imprensa sofre mais censura

1º Eritreia
2º Coreia do Norte
3º Turcomenistão
4º Arábia Saudita
5º China
6º Vietnã
7º Irã
8º Guiné Equatorial
9º Belarus
10º Cuba

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - [email protected]
Comercial - [email protected]

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - [email protected]
Comercial - [email protected]

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado